desamparada…!

fcbc829e1b8cf10979339ee2628c995e

Há aqueles dias, em que me sinto desamparada,
Há aqueles dias em que quero quero ser menina,
Há aqueles dias, em que quero ser despenteada num carinho,
Há aqueles dias, em que quero despir as armaduras e ouvi-las cair no chão,
Há aqueles dias, em que quero chorar se assim me apetecer, mostrar que sou fraca, que a minha pele rasga e o coração despedaça…
Há aqueles dias, em que quero ser pequena, num abraço sincero!

Deixar uma resposta