Quem me conhece sabe que não sou de guardar o que escrevo. Geralmente escrevo e apago. Este texto foi dos poucos que guardei. Hoje partilho aqui com vocês. Espero que gostem.

image

Embaraço em braço

Num embaraço coloco-te o braço, num frenesim carmim, de pontas espelhadas em madrugadas frias e gentias. Na cama te deito e na cama te velo em pêlo, nua te sinto e num gesto de prazer não minto de descoberta encoberta que da boca mil palavras me saem.
Sinto que te conheço e desvaneço nas palavras quando te oiço num ressalvo da mente se sente aquilo que mais ninguém sente porque é de nos os dias e as noites que se querem e não se têm, que as mãos não se detem na procura do teu ser para seres minha um dia, principio da noite se principia.
E quando te imagino entre passos apressados que na calçada pisas, correndo na minha direcção, braços abertos estendidos entre prados compridos numa esvoaçante forma de estar, deixo-me levar e no pensamento me refugio sendo que me entrego em desvario para não mais voltar a ser o mesmo.
E qualquer dia sem que contes, numa surpresa de purpurina como se de estrelas se tratassem teu corpo cobrirei de beijos e em teus olhos e tua boca, me saciarei numa vontade louca de seres apenas minha, porque o corpo que de forma se tornou a alma sempre se divide e quando corpo e alma se fundem, apenas num gesto de paixão, não mais volta dias pequenos mundanos e sem sentido.
Tu inquietas-me a alma sem que a alma se inquiete e mesmo num gesto tão pequeno como o bom dia que me dás, num prazer imenso se torna em e a alma me adorna de tão sentimento importante, e num gesto que julgas simples de mim faz um gigante de olhar terno quando a leio.
Gostava de te conhecer melhor, sem pudor ou vontade de te corromper, apenas conhecer teu ser, apenas ser os olhos que me olham por um dia, e sentir que na tua alma não sou gente vazia, porque a tua alma é o mais importante no conhecimento do que nas frases,  ele é que dita a imagem que de mim fazes.
E esperarei merecer um dia tua confiança plena, para que nos sorriamos sempre que nos cruzemos e em sentimentos eternos mesmo que em duvidas de sentimentos se revelem a plena amizade prevaleça e a nossa forma de amor não esmoreça.

O Inquilino

👠A vizinha #69Letras

Deixar uma resposta