Arquivo de etiquetas: viver

Quando dois olhares se cruzam é porque as Almas se pertencem!

Olha…o que não te digo!

Vontade de pegar no carro e ir
ter contigo…
Surpreender-te no sítio onde menos esperas.
Talvez no trabalho, no restaurante…nas compras…
Em qualquer lado onde estivéssemos rodeados de pessoas, presos pelo olhar alheio…e ao mesmo tempo, livres para comunicarmos com o olhar…
Tenho tanta coisa para te dizer…para te fazer… Continuar a lerQuando dois olhares se cruzam é porque as Almas se pertencem!

Quem sou eu?

Às vezes gostava de não ser eu.

Gostava de ser outra pessoa.

Gostava de ser uma desconhecida.

E, na verdade, às vezes sinto-me como uma desconhecida.

Não para os outros mas sim para mim.

Sinto que me conheço sem me conhecer.

Por vezes uma mudança é uma tentativa de ser outro alguém.

Uma simples maquilhagem, uma cor de cabelo diferente, um modo de vestir alterado.

Resulta, num espaço de tempo mínimo.

Queria que me olhassem e se perguntassem: de onde vem, que histórias traz, o que pensa, o que faz, porquê. Quem é ela?

Mas quem lhes poderia responder se nem eu própria sei quem sou?

Julgo que me conheço mas será que conheço mesmo?

Daí vem a necessidade de ser outra pessoa, de criar outra identidade.

Descobrir quem sou escondendo o meu verdadeiro eu.

Mas uma mudança não oculta o passado, não muda quem realmente somos e o que passámos.

Depois apercebo-me de que todos os dias sou uma desconhecida.

Todos os dias tenho uma nova identidade.

Rio e sorrio como se fosse a pessoa mais feliz à face da Terra mas o meu coração pode estar a sofrer.

Alego estar cansada quando o que quero mesmo é correr para longe de tudo e todos.

Um simples “está tudo bem” tem oculto um complicado “abraça-me e salva-me”.

Uma frase banal carrega o mais profundo silêncio.

O silêncio esconde as mais sinceras palavras.

Isto poderia fazer de mim uma pessoa falsa. Uma mentirosa.

Mas não faz.

Apenas faz de mim humana.

E por ser humana todos julgam conhecer-me.

Mas não me conhecem.

Como podem conhecer-me sem nem eu me conheço?

Afinal…quem sou eu?

 

© Fox 2017 #69Letras

A química da Mente

 

O sabor que sentes num beijo , rebusca-te o pensamento e trás à boca toda a química que sentes fluir da pessoa que estás a beijar … que beijas com querer!!!

Chamam-lhe “borboletas” , mas é a química da Mente!

A química que flui, mesmo sem um contacto físico, descontrola por completo a capacidade de abstrair daquele pensamento, daquela mente !!
Foca a nossa mente na vontade do toque ,
do sabor, do cheiro …
Desbloqueia-nos sensações que achamos serem controladas por nós,
alteram a nossa reação às palavras que vêm daquela voz, que noutra voz não teria o mesmo efeito !!

E quando finalmente nos sente “encantados” e à mercê dos seus desejos, aproxima-nos … faz de tudo para juntar as duas mentes e deixa-se fluir!!

Inunda-nos aquele calor invasor e a vontade do ter,
que nos fazem agarrar a pele do outro com força….
O tirar as roupas ou apenas tecidos do caminho ,
o arranjar um canto que nos apoie ou esconda …
e nos liberte a tesao no momento em que … já não aguentas mais!!!
Os sabores e os cheiros que se trocam, fisicamente agora, que se entranham, encaixam-nos na perfeição!

Quando todo o corpo entra em circuito e os espasmos descontrolam o pensar e a razão, a força das mãos e do corpo tomam posse do que nem sonhavas tocar!

É o ter,
é a vontade,
o desejo …
o desespero de quereres sentir teu naquele momento, atingindo todos os limites sem sequer os anteceder…

E só no fim … extasiados … te apercebes a rapidez em que tudo aconteceu … e mesmo que ninguém diga …
o pensamento de ambos grita …

… “hummm tão bom”!

©My Sighs   2017  #69Letras

A rua da minha vida

Caminhas meio dormente pelas
ruas molhadas.
Sentindo as dores da vida…
A calçada de piso disforme ,ajuda a lembrar as tropelias e falta
de recato que deste ao corpo.
O vento que carrega o ar frio e te faz semicerrar os olhos… Continuar a lerA rua da minha vida

Dia de aniversário I

Dia de aniversário I

“Ficamos combinados?”
Um pouco desconfiado , confirmei com uma curta sms.
“ok…”
Porque não aceitava ir beber o café ou um copo por ai?
Sempre poderia tentar despi-la …
Na casa da mãe onde me queria dar a prenda , seria um stress…
Cuidados nas palavras e nos gestos…
A hora combinada estacionei o carro.
“Cheguei… Desces?”

Continuar a lerDia de aniversário I

This is My Way

De repente a noite caiu…

Dou por mim com as mãos no volante, a meio da viagem de regresso a casa, o som do rádio está bem alto. O vento beija-me o cabelo e refresca-me o rosto, eu… vou a cantarolar nas alturas as músicas que vão passando. Continuar a lerThis is My Way

Beija-me

Beija-me

Como se o amanhã

Não fosse chegar

E hoje fosse o derradeiro dia

Para me amar.

Continuar a lerBeija-me