Arquivo de etiquetas: tesao

Momentos só nossos…

Gosto de pensar que alguns momentos serão sempre meus.
Chego a parar para me forçar a recordar…
Não os quero perder…
São meus e teus…
Talvez quem comigo os viveu já não os guarde…
Quem sabe alguns que eu não guarde, tenham dona e sejam guardados em outra memória que não a minha…
São belos momentos de vida que não quero que se percam nas memórias.
Não desejo perder a capacidade de me voltar a enamorar pelas borboletas que senti…
E por isso paro…
Paro e recordo…
Recordo a vibração que aqueles momentos a esvoaçar em mim me provocavam…
E sorrio…
Sorrio com a ternura que dentro sinto …
Dos beijos apaixonados que dei e recebi…
Dos lábios que me beijaram…
As mãos sedosas que me percorreram…
Aquelas que desejei…
Recordo gemidos de prazer…
Não aqueles de prazer carnal!!
Os pequenos…
O entrar…
O… “Estas em mim…”

©Read Mymind 2017 #69Letras

Apetece coisas loucas! Apeteces-me tu!

As vezes apetece coisas loucas…
Apetece que sejas minha!
Minha talvez não…
Gosto de animais a solta.
Em cativeiro perdem o brilho…
Apetecia…
Apenas isso…
Nua…
Sorridente e quente…
Apetecia sem muito que falar…
Para quê falar com o tanto que me apetece te fazer…???
Tudo tem de ser falado?
Explicado?
As palavras tiram o tempo dos gemidos…
Desgastam as vontades em vãs procuras…
Somos corpo e vontades…
Desejo e tes@o…
Não somos jovens loucos a procura de algo novo…
Sabemos o que queremos.
Passamos o tempo dos mistérios…
Porque não desfrutarmos um do outro?
Sem procurar segredos e penumbras…
Guardemos as sombras para esconder eventuais vergonhas.
Fiquemos pelos lençóis molhados dos nossos suores…
Esses não precisam explicação…
As mãos que a ti, toda procuram sentir…
Os meus lábios sequiosos dos teus…
Teus seios tesos de apetite do meu sugar…
São frases com começo, meio e fim!
Sem pausas e vírgulas!
Os meus dedos que te exploram o calor…
A tua mão que me sente a vontade…
Autênticas cartas escritas com o erotismo do saber de nós mesmos…
Que seja eu louco…
A loucura que me explique por palavras tuas onde me perdi em vontades de ti…

©Read Mymind 2017 #69Letras

Naquele dia…

Quando saí e senti a brisa marinha a fustigar-me no rosto, a minha alma ficou purificada. Nenhuma das culpas e angustias que carregava quando bati a porta do carro faziam agora sentido. A minha cara estava lavada, o meu coração estava limpo, rejuvenescido.

Continuar a lerNaquele dia…

Tiro-te do sério?!

Seja maldade …
inocente, mas seja! 
Provoco sim, com as minhas vontades, com o saber dos teus caprichos!
Não serão apenas caprichos, mas sim desejos teus , loucuras gulosas da carne e da pele, vontades que te inquietam as mãos, o olhar e até o pensamento!
Eu provoco sim, sabes que sim e o porquê!
Eu provoco e tu,mudo, refletes os pormenores…
Crias momentos lascivos, carregados de desejos teus com as minhas provocações…

“Tiras-me do sério!” … Dizes !
Tiro?!
Deixas-te provocar, deixas-te levar …
As tuas mãos, inquietas , respondem …
agarram-me pela cintura, arrancam-me a roupa.
Inquieto, muito inquieto … sinto-te em cada palavra, cada expressão do olhar, a mordida no lábio, o teu !
O fazeres-me deslizar pela mão até me colar ao teu corpo ,virada para ti, a mordida no lábio, desta vez no meu…
Sugas de rompante a minha boca e perco-me de vez nos teus beijos,
mergulhada em ti, nos teus braços, na tua pele que acaricia a minha, nos corpos que se colam, nas Almas que se entregam, na explosão mútua de sensações !
Seja maldade, seja a tua vontade ,seja a minha, seja….
Até dizem por aí ….. “o Amor é assim”…
E é, pelo menos parar mim !!

©*My Sighs* 2017 #69Letras 

Enfim… Apenas o tanto que nos quisemos…

Enfim..
Tudo tem um fim…
Parece que acabou…
Os suspiros terminaram…
Sobraram as vontades…

Algumas brincadeiras pensadas e inacabadas…
Ficaram as que escolhemos,
Quase sem querer…

Aquelas em que tudo era paixão e emoção!
Onde os teus lábios eram a perfeição em que me perdia.

O teu sabor…??
O tempero afrodisíaco.
Encaixes de vontades .
Eram perfeitos?

Não…
Formas de sentir que se apaixonaram uma pela outra.
Talvez sejas igual a tantas outras com que me cruzo na rua….
Assim ao olhar despido de sentires…
Foste tu que me fizeste acreditar em emoções que se atraem.

A tua boca que me fazia recordar ,
as súbitas descidas de uma montanha russa.
Onde o estômago se encolhe…
E as emoções afloram à boca.
As tuas e as minhas em beijos plenos de querer…

Os teus “aiiis”deliciosos…
Pernas longas que me uniam à tua necessidade de a mim sentir preencher…

Sim…!!!
A mim!!!
A mim que ainda hoje desejas em ti….

A mim, que me corrói a mágoa de não o ser!!!
O ser que te sente!!!!!
Sente quente e carente
Do meu tanto a ti querer…

©Read Mymind 2017 #69Letras

A ti!!

A ti…!!!
Que tanto tentas ler…
Que tanto tentas entender!!!
Que tanto tentas ver !!!

Aqui!!
É o que tu lês !
É aqui que me revelo!!
É aqui que me descrevo!

Onde tu vês entrelinhas
Onde tu presumes algo escondido!
Onde tu pensas que receio mostrar!

Aqui está o que não revelo!
O que vivo e vivi!!
O que escondo e não revelarei!
O que quero viver e o temido de perder!

Não mostro o que não tens de ver!
Não revivo o que não vivi!
Não conto o que nunca será um conto!
Nunca serei um príncipe!
Terei sempre Rainhas em mim!!

Não me procures escondido atrás do nome!
O nome não é um biombo…
E sim um quadro pintado!!
Os corpos nus descritos o papel onde me escrevo!!

©Read Mymind 2017 #69Letras

Desejos de ti

Tu não sabes, mas hoje possui-te a meu bel-prazer em cima da minha mesa.
Abusei de ti.
Deliciei-me em ti.
Despejei em ti todas as minhas frustrações e vontades.
Será esta minha vontade proporcional à tua ausência?
Será que este tesão que me consome é fruto da tua indiferença, do teu desdém?
Ou será apenas fruto da minha imaginação e da minha memoria que teima em ter-te sempre presente?
Tu não sabes, mas gosto de ver te passar para tirar fotocopias,
de te ver curvada sobre a mesa, de apreciar o teu corpo,
gosto das tuas saias travadas, dos teus decotes discretos, das tuas curvas, dos seus collants rendilhados.
Gosto de me imaginar contigo, de tocar todo o teu corpo, de beija-lo,
de tocar o meu nos entretantos.
Olha-me, espreita pelos meus olhos, aprecia este meu tesão por ti,
mergulha em mim, neste meu mar de vontades, de inquietações,
vem…. satisfaz todas as minhas fantasias.
#PSassetti #69Letras 20.05.2017