A melhor sangria que bebi

Querida! Já viste a bela tarde de sol de hoje? Apetece-me fazer algo… Sei lá! Olha! Vamos estender a rede na varanda e prostrar-nos a contemplar o mar? Eu e tu, o sol e a[…]

Memórias de uma chávena de café

Me pego sentada na varanda do quarto as 6h da manhã com uma xícara de café entre as mãos. O tempo continua cinzento lá fora e alguns pingos de chuva insistem em cair vagarosamente… Sabe[…]

Proibido

Havia um sinal de sentido em frente aos meus olhos. E eu não hesitei. Avancei, sem pensar nas consequências. Se sabia que não devia? Sabia. Mas não queria saber. O desejo fervilhava nas minhas veias,[…]

Noite diferente

TEXTO EROTICO M|18 󾬥 󾬥 󾬥󾬥 󾬥 󾬥 Depois de um longo dia, banho tomado, vestes uma lingerie, imaginando que ele estava ao meu lado. Que saudades. Deitas-te naquele tapete persa, onde tantas noites foste possuída, amada, escravizada de[…]

Voyeur

Poderia ser propositado, ou até esquecimento, mas o casal vizinho deixava sempre a persiana aberta, o quarto à média luz o suficiente para os ver todas as noites amarem-se. Para mim era uma tortura e[…]

Quero!

Texto erótico | M18 Quero que me beijes mais. Que me deixes os lábios dormentes. Que me faças esquecer o mundo em cada beijo. Quero que me mordas mais. Que me deixes marcada por dias[…]

Perdida num supermercado

[ ] TEXTO EROTICO M|18 󾬥 󾬥 󾬥󾬥 󾬥 󾬥   O calor tinha regressado. E, eu toda contente porque já poderia usar os meus calções ganga, t-shirt justinha a dizer “I’m a bitch” e[…]

O dia vira noite

O Sol namora a Lua, o lobo namora a coruja, O dia vira noite, A nossa amizade vira namoro As palavras viram gestos, mas já não chegam, quero mais, muito mais… Quero poder partilhar o[…]

X Edição do Eros Porto – Crónica do Vizinho

E chega ao fim a X Edição do Eros Porto, a maior feira Erótica do Norte país e quem sabe de Portugal. Foram 4 dias de luxuria e sensualidade onde profissionais da arte de sedução[…]

Adoro quando ele chega

Texto Erótico | M18 Adoro quando ele chega. Entra e logo me procura, prendendo-me nos seus braços, colando os seus lábios aos meus. As suas mãos deslizam pelas minhas costas e enquanto uma me ergue[…]