Arquivo de etiquetas: saudade

Momentos só nossos…

Gosto de pensar que alguns momentos serão sempre meus.
Chego a parar para me forçar a recordar…
Não os quero perder…
São meus e teus…
Talvez quem comigo os viveu já não os guarde…
Quem sabe alguns que eu não guarde, tenham dona e sejam guardados em outra memória que não a minha…
São belos momentos de vida que não quero que se percam nas memórias.
Não desejo perder a capacidade de me voltar a enamorar pelas borboletas que senti…
E por isso paro…
Paro e recordo…
Recordo a vibração que aqueles momentos a esvoaçar em mim me provocavam…
E sorrio…
Sorrio com a ternura que dentro sinto …
Dos beijos apaixonados que dei e recebi…
Dos lábios que me beijaram…
As mãos sedosas que me percorreram…
Aquelas que desejei…
Recordo gemidos de prazer…
Não aqueles de prazer carnal!!
Os pequenos…
O entrar…
O… “Estas em mim…”

©Read Mymind 2017 #69Letras

Enfim… Apenas o tanto que nos quisemos…

Enfim..
Tudo tem um fim…
Parece que acabou…
Os suspiros terminaram…
Sobraram as vontades…

Algumas brincadeiras pensadas e inacabadas…
Ficaram as que escolhemos,
Quase sem querer…

Aquelas em que tudo era paixão e emoção!
Onde os teus lábios eram a perfeição em que me perdia.

O teu sabor…??
O tempero afrodisíaco.
Encaixes de vontades .
Eram perfeitos?

Não…
Formas de sentir que se apaixonaram uma pela outra.
Talvez sejas igual a tantas outras com que me cruzo na rua….
Assim ao olhar despido de sentires…
Foste tu que me fizeste acreditar em emoções que se atraem.

A tua boca que me fazia recordar ,
as súbitas descidas de uma montanha russa.
Onde o estômago se encolhe…
E as emoções afloram à boca.
As tuas e as minhas em beijos plenos de querer…

Os teus “aiiis”deliciosos…
Pernas longas que me uniam à tua necessidade de a mim sentir preencher…

Sim…!!!
A mim!!!
A mim que ainda hoje desejas em ti….

A mim, que me corrói a mágoa de não o ser!!!
O ser que te sente!!!!!
Sente quente e carente
Do meu tanto a ti querer…

©Read Mymind 2017 #69Letras

“Ansiedade”

3h da manhã!!

O raio das horas não param e eu ainda acordado e o sono sem aparecer!!

Um aperto no peito invadiu-me e eu já perdi noção de quando começou, minutos, horas, dias?

Sinto necessidade de me ausentar várias vezes ao dia, me refugiar e inspirar bem fundo a ver se acalmo.

Quando começou, há dias, pensei que fosse mais um episódio de taquicardia, tal como tive com 18 anos (sei que nunca te contei isto mas, também tenho tantas coisas para te contar).

Percebi ao longo dos dias que era algo mais.

Saudades, desejo, vontade de estar contigo e te ver, te conhecer.

Sinto-me um pequeno miúdo ,ansioso à espera do dia de Natal, a contar os dias até que chegue finalmente “aquele dia”, o dia de te conhecer!

Tudo isto, pela esperança de te ver, te abraçar e apertar bem apertadinha com medo de te deixar fugir, como se estivesse a abraçar alguém verdadeiramente pela primeira vez.

Quero sentir teu cheiro, sentir teu toque, tua presença.

Quero acordar a teu lado, sussurrar ao teu ouvido o quanto te adoro, o quanto te A(s)MO!

“Será precipitado?” perguntam.

“Porquê?!” pergunto eu.

Será que o amor só poderá ser quantificado pelos anos ou pelos momentos vividos juntos?

Porque não por toda amizade, toda cumplicidade, toda singularidade que partilhamos nas nossas conversas, nos nossos olhares à distancia?

Ai, esses nossos, tão nossos momentos, tão bons, tão puros e verdadeiros, dos quais não quero prescindir nunca.

E lá continuo eu, contando os dias atrás de dias..riscando um atrás do outro..até que chegue “aquele dia”!

Até lá, vou sustendo a respiração, na ânsia que me ajudes a respirar novamente!

Teu!

© Anónimo 69Letras 2017-05-17


“Despertar”

Em todos meus anos de vida, nunca um despertar foi tão vazio.

Fugiste de mim, sei que apenas por uns dias, umas longas horas e que provavelmente irá acontecer mais vezes na longa vida, que ambos queremos ter juntos!!

Caminho pela casa, ainda meio perdido de sono, com os músculos entorpecidos da cama e o coração apertado.

Não consigo conter as lágrimas de saudades tuas e sinto o sabor salgado delas no meu café matinal.

Contarei todos os minutos, ansioso, pelo momento de te ver aqui novamente, com o teu sorriso tão perfeito, capaz de iluminar toda esta casa e poder agarrar-te e prender-te no meu abraço.

Ouvir tua voz de manhã foi sem duvida o momento alto do meu dia e o relembrar que te AMO e te quero para sempre.

Sim, para sempre.

Sei que costumo dizer que o para sempre é eterno e impossível mas, sim, quero-te para sempre!!

Teu, saudoso e loucamente apaixonado..

© Anónimo 69Letras 2017-05-17

 


 

“Tempo”

O tempo pára quando te beijo,

viajo no tempo quando leio para ti,

não fujo do tempo mas,

o tempo foge-nos quando ouvimos música juntos,

sinto o tempo (e sinto-te a ti) quando te escrevo e liberto-me do tempo quando respiro,

preso no teu abraço!!

© Anónimo 69Letras 2017-05-17


Vestida de Ti

Hoje copio uma frase !
“Vestida de Ti
Porque a sensação foi tão intensa,
Tão real, que nenhuma outra faria sentido!
Acordei naquele misto de confusão, não sei o dia, não sei onde estou, nem sei quem sou!
Aqueles sonhos que nos mudam a história vezes sem conta onde sou sempre eu e és sempre tu!
Onde o Eu te tem e o Tu me quer sempre!
Esses sonhos … que passamos o dia a tentar lembrar mais, porque o pouco que lembramos foi tão bom que nos descontrola as vontades!
Hoje acordei assim… de corpo quente!
Com o teu cheiro em mim, com o calor que durante a noite o teu corpo me provocou!
No momento em que tentei abrir os olhos … senti-me encaixada no teu colo, naquele formado doce da conchinha… onde terminamos a nossa intensa noite….
Onde nos aninhamos no mimo relaxante do abraço um do outro até amanhecer!
Abri os olhos …o sol ainda fraco já riscava a pele, a cama e as paredes.
Eu ali , tão bem encaixada no meio das almofadas que me criaram a ilusão de seres tu!
Mas nem tudo é ilusão!
A mente tem poderes que te fogem ao controle …
Tu não estavas ali, fisicamente! Facto!
Mas os teus sussurros, as risadas,o som inconfundível da tua voz, o teu cheiro, a tua gula dos meus lábios que me fazem sentir o teu beijo com intensidade…
sinto, em mim, por mim, vindo de ti, quando me pensas…
E o poder da mente que nos faz ser um do outro assim …
Faz-me acordar “vestida de Ti…”

©*My Sighs*2017 #69Letras

Dia de chuva, no meu coração

Hoje acordei sem sentido, sem vontades nem ilusões, desprovido de sonhos, despido, perdido nesta cama longa e esquecida.
Ao meu lado, apenas o nosso leito de amor agora quieto, onde um dia te deitavas e me acordavas com esse olhar de menina.
O teu cheiro já cá não está, a tua pele macia há muito que me deixou sem reservas e se apagou das minhas lembranças.
Sabes, hoje chove lá fora.
Sei que gostavas dos dias em que a chuva nos fustiga as vidraças e nos convidava a um abraço apertado com sabor a café quente acabado de fazer.
Sabes que eu gosto, porque a chuva que cai em abundância lá fora aquece-nos a nossa alma cá dentro, mima-nos o ventre, massaja-nos o sentir, quando na cama juntos partilhamos o amor.
Gostava de a partilhar contigo, de chapinar nos teus abraços, de correr ensopado pelo teu corpo em busca de um abrigo secreto para me aconchegar.
Onde estás?
Porque estou eu a assistir a esta chuva sozinho?
Porque não está o teu corpo colado no meu neste dia de manhã cinzenta?
Tenho saudades dos teus sinais, e dos teus ais….
E do teu olhar profundo, tão profundo que chego a ver o cintilar do teu coração.
Onde estas….?
Sem ti, sinto-me perdido nesta vida que inventaram para mim neste dia de chuva no meu coração….
#PSassetti #69Letras 15.05.2017