A melhor sangria que bebi

Querida! Já viste a bela tarde de sol de hoje? Apetece-me fazer algo… Sei lá! Olha! Vamos estender a rede na varanda e prostrar-nos a contemplar o mar? Eu e tu, o sol e a brisa marítima. Ah! Podemos juntar uma bela e refrescante sangria de frutos vermelhos… Hum.. A ideia agrada-me… Aliás, cresceu em…

Que é feito de ti?

Há um abismo imenso, entre os meus sonhos de menino e esta realidade obtusa que marca a compasso o ritmo dos meus dias. Entre a felicidade que eu tinha quando andava de calções a saltitar nas águas paradas e a correr livre pelos campos, e este sentimento de vazio inquietante em que se tornou a minha vida. Há…

Presa

Ela era uma mulher, como tantas outras mas no entanto já não se sentia feminina. Foi-lhe roubada, no entanto, fora ela quem ficou presa. Encarcerada na sua mente perturbada.  Alguém lhe roubou a sua identidade, o seu ADN, tudo aquilo que a distinguia das outras mulheres. Violada. Humilhada. Diminuída… Ao perguntar-lhe o que ela sentia,…

Tarde de Inverno

Texto Erótico|M18 “- Hello Mrs. V… – Boa tarde Miss E… Como está? – Estava com saudades suas… – Hum… Também tinha saudades suas Miss E… Já á muito tempo que não falava consigo…” Ali parados em frente à cafetaria e ao frio trocamos olhares quentes e saudosos. Que saudades desta bela mulher. “- Miss…

A minha secretária

Texto Erótico|M18 Nesta solidão de Inverno safo-me com o bom tinto e a lareira como companhias imprescindíveis, mas nem sempre é suficiente. A vontade de partilhar uma garrafa de Quinta de Cabriz, Reserva 2011 e umas boas horas de conversa é mais forte. Aproveito estes dias de chuva para colocar a escrita em dia mas…

Quem inventou as saudades?

Quem inventou as saudades? A sério, digam-me por favor quem foi o filho da puta que inventou as saudades! Juro que se o descubro, esgano-o! Melhor… afogo-o! Ou dou-lhe um tiro aqui e outro ali e deixo-o a agonizar! Pelo caminho torturo-o mais um pouco! A sério que sim! Ah se eu apanhasse esse cabrão!…

Cumplicidade

Quando preciso de falar da falta de tempo, da falta de dinheiro, da falta de afecto…. Quando preciso de falar da falta de sexo, da falta de tempo…. Penso naquela que tem sempre paciência, um Sorriso e uma palavra amiga para mim. Não me adianta querer apenas sexo selvagem, pois mesmo esse sem um quê…