Mais um Verão em Portugal… Desta vez mais negro…

Desde miúda que me lembro de ver as notícias sobre os incêndios florestais. Todos os verões, sem excepção, aqui e ali, estatísticas chocantes em alguns anos, esperançosas noutros. Mão criminosa, matas mal limpas, churrascos que correram mal, calor em demasia… As causas são infindáveis, as localidades diversas, mas foi todos os anos… Felizmente nunca estive…

De raízes bem fundas

As minhas raízes não vêm de nenhum país exótico ou distante.  Sou portuguesa mesmo.  Venho da terra com horizontes de eucaliptos  decorados com o rio Tejo.  Carrego a saudade no meu peito enquanto choro um fado à desgarrada.  Sou mulher agarrada às minhas raízes embora longe e distante.  Insisto em nunca esquecer de onde venho,…

Amo-te, Portugal*”Amo-te, aconteça o que acontecer. Amo-te por causa de ti. Não é apesar de ti. É por causa de ti. Não há outra razão. Nem podia haver uma razão mais simples.”

Portugal, Estou há que séculos para te escrever. A primeira vez que dei por ti foi quando dei pela tua falta. Tinha 19 anos e estava na Inglaterra. De repente, deixei de me sentir um homem do mundo e percebi, com tristeza, que era apenas mais um dos teus desesperados pretendentes.Apaixonaste-me sem que eu desse…

E se coubesses num abraço ?

  E se coubesses num abraço ? Se coubesses encostada ao peito, junto ao coração arrancando um pedaço do que dele resta e ali ficasses na quebra da solidão ? E se te encolhesses entre meus braços ? E suspirasses numa paz que ao pensamento te livrasse de embaraços que a vida te traz ?…

Falas do jeito com que te olho…

Os meus olhos são o motivo pelo qual ainda não desististe de mim. São a porta de entrada para o coração ao contrário das palavras que pedem que te afastes. Pudesse eu olhar-lhe de outro jeito para não me revelar. Mas os olhos que te olham admiram-te, carregam vontade e desejo, iluminam de carinho e…

Apenas um beijo

Um beijo é tudo o que te peço. Só preciso de te dar um beijo para devolver à tua alma a esperança e voltares a acreditar que poderás voltar a amar, Apenas um beijo será suficiente para sentires que ao meu lado nunca deixarei que te falte nada e que se é o céu que…

Sou ao contrário

Florbela Espanca: Eu não sou como muita gente: entusiasmada até à loucura no princípio das afeições e depois, passado um mês, completamente desinteressada delas. Eu sou ao contrário: o tempo passa e a afeição vai crescendo, morrendo apenas quando a ingratidão e a maldade a fizerem morrer. 👠A vizinha #69Letras