Tu que me provocas! Sim! Tu!!

©Read Mymind 2017 #69Letras Porque me provocas…Porque me fazes imaginar!! Quase que sinto o teu sabor! Os meus dedos dançam entre eles como se o teu nectar os lubrificasse… O sangue foge para baixo e[…]

Sinaléticas da vida.

Sempre pensei em como as sinaléticas da vida afectariam todo o meu conhecimento do  mundo, o meu possível conhecimento de ti…. ” Não há longe nem distância”, já escrevia Richard Bach… Mas existe o longe![…]

O meu sentir…íntimo e só para ti …

A saudade não está na distância … Ela existe porque nos ligamos e nos sentimos. A saudade faz parte de uma fractura de nós, num quebrar de alma em que sentimos a carência de alguém[…]

Ela quer, ela manda!

Texto erótico M/18 Ainda ele não tinha acordado, já ela estava sentada na poltrona de pernas cruzadas que nem caçadora furtiva à espera da melhor oportunidade para cometer o mais doce dos delitos. A sua respiração[…]

Sorrisos perdidos.

  Por vezes é tão rápido, que mal reparamos… A vida tornou-se isto! Um conjunto de frases sem respostas… De sorrisos perdidos e não resgatados. Os teus olhos costumavam sorrir… Traziam a cor das marés[…]

Amar sem sentir

Será possível Amar sem nunca ter sentido, tocado ou mesmo ter olhado nos olhos? Nunca acreditei nisso. Tenho que sentir faísca, conhecer bem… Tenho que confiar e isso só se conquista com o tempo e[…]

Se eu tivesse Magia …

  Hoje apetecia-me entrar de fininho por debaixo da tua camisola e sentir o teu peito ,a tua pele, o teu respirar ! Queria olhar para cima , porque sou mais pequena … e ver[…]

Eu era capaz de Te viver assim …

Eu era capaz de Te viver assim…. Eu sou desses sentires profundos e duradouros, quando recíprocos! Era capaz de te beijar sempre no teu despertar como um Sol! Embelezar o teu dia com os nossos[…]

Há algo de ti que vive em mim

Há algo de ti que vive em mim. É o teu olhar sereno Que me apanhou na sua rede E fez de mim sereia do mar Nos teus olhos a mergulhar. É o teu toque[…]

Enormes em nós

Texto Erótico [M18] Sou aquela que desvenda o desejo no olhar dos homens, que passam por mim na rua. Dos que estão sentados na mesa do café. Dos que viajam no metro, em hora de[…]