Fogo

Este calor que teima não passar, que queima a minha pele e ferve a minha alma. Este calor de verão que estimula ainda mais as nossas feronomas.. Não aguento!, preciso de arrefecer este fervor que[…]

Continue reading …

És mais do que pedi, mais do que mereço.

Sou… Demasiado apegada, de ti. Sem arrependimento, desconectada do mundo. Sei de ti cada canto, desse teu mundo redondo. Cada cheiro, cada pensamento. Tenho receio. Por tanto te conhecer, me perder… Perder o que me[…]

Continue reading …

Amar, não chegou.

Nem sempre amar é suficiente… Atravessaram a ponte das desilusões, cada um para o seu lado. Não houve um adeus, um até breve, apenas o silêncio de quem muito tinha para dizer e resolveu nada[…]

Continue reading …

Como um tsunami que engole a terra…!

Rasgas-me a roupa… Prendes-me… Agarras-me… Mordes-me… Arranhas-me… Fecho os olhos… Apenas o arfar da tua respiração e da minha. O coração bate como se fossem as réplicas de um sismo que me assombra à espera[…]

Continue reading …

Não sei…

Não sei como descrever, este tanto te querer, esta forma de sentir, intensa e por definir, por ti que me sabes ler, em cada letra falada e cada palavra encantada, escrevo como imagino, o que[…]

Continue reading …

Tenho saudades…

Tenho saudades… Saudades de ouvir, sentir, cheirar… Saudade daquele momento em que me fazes esquecer tudo o que me rodeia. Por instantes esqueço todos os meus problemas e viajo pelos meus pensamentos fora. És o[…]

Continue reading …

Só me apetece desaparecer

Estou num daqueles dias que só me apetece desaparecer. Ir até uma praia deserta. Sentir a areia nos pés e um vento leve na cara. Sentar-me e desligar de tudo. Hoje estou assim – a[…]

Continue reading …