A melhor sangria que bebi

Querida! Já viste a bela tarde de sol de hoje? Apetece-me fazer algo… Sei lá! Olha! Vamos estender a rede na varanda e prostrar-nos a contemplar o mar? Eu e tu, o sol e a[…]

Memórias de uma chávena de café

Me pego sentada na varanda do quarto as 6h da manhã com uma xícara de café entre as mãos. O tempo continua cinzento lá fora e alguns pingos de chuva insistem em cair vagarosamente… Sabe[…]

Um dia …

  Porque existem caminhos que devem ser percorridos… Conheceram-se por acaso. Os únicos lugares vagos na esplanada da Rua Augusta. Partilharam a mesa, acabaram por sorrir e conversar. Gostaram da companhia um do outro e[…]

Proibido

Havia um sinal de sentido em frente aos meus olhos. E eu não hesitei. Avancei, sem pensar nas consequências. Se sabia que não devia? Sabia. Mas não queria saber. O desejo fervilhava nas minhas veias,[…]

Quero!

Texto erótico | M18 Quero que me beijes mais. Que me deixes os lábios dormentes. Que me faças esquecer o mundo em cada beijo. Quero que me mordas mais. Que me deixes marcada por dias[…]

Adoro quando ele chega

Texto Erótico | M18 Adoro quando ele chega. Entra e logo me procura, prendendo-me nos seus braços, colando os seus lábios aos meus. As suas mãos deslizam pelas minhas costas e enquanto uma me ergue[…]

Tarde de Inverno

Texto Erótico|M18 “- Hello Mrs. V… – Boa tarde Miss E… Como está? – Estava com saudades suas… – Hum… Também tinha saudades suas Miss E… Já á muito tempo que não falava consigo…” Ali[…]

Já não era o meu corpo. Era o teu.

| Texto Erótico | Enquanto dançávamos com uma taça de vinho na mão, passaste a tua mão nas minhas coxas no exato momento em que elevava o vinho aos meus lábios… descontrolaste o meu corpo[…]

Como deliro!

Texto Erótico|M18 Sei bem o que ela faz com aqueles lábios. A minha boca pertence-lhe, sem restrições. Como eu gosto. Gosto de ser teu, a sensação de submissão eleva-me para outro estado de tesão. Suavemente,[…]

Numa praia qualquer

Texto Erótico|M18 No quarto de hotel as coisas aqueceram, começou por me beijar a boca. Sugava os meu lábios, a minha língua… A boca dele preenchia a minha por completo. Estava um dia maravilhoso de[…]