M18 | Um sonho…em breve realidade!

  Numa tarde de outono, agora acabado de chegar, com aquele friozinho típico e com a chuva que não dá tréguas por agora. Uma chuva que nos dá vontade de estar deitados no sofá a[…]

Continue reading …

Lágrimas salgadas

Quando acordei o sol fustigava-me a cara. O sal daquela maresia de final de tarde de outono na praia, cravava-se sem contemplações no meu rosto como punhais de Naruto. Eu estava febril, a minha pele[…]

Continue reading …

Mulher de sonho

Posso não ser a mulher que sonhaste, Mas garanto-te que sou a mulher que te ama   Posso não ter o corpo de modelo, Mas tenho curvas das quais te deixo explorar, E te deixo[…]

Continue reading …

Feliz em nome do Amor

Não consideres o Amor como se fosse uma prisão, O amor é livre, colorido puro, Não deixes que algo tão simples, se torne num pesadelo, Viver é amar Amar é ser livre Livre para despertar[…]

Continue reading …

Não há amores perfeitos

“Sinto-me vivo! Sinto-me amado!” E que bom seria que todos se sentissem assim, rejuvenescidos, de sorriso e coração aberto para o Mundo. Nem sempre é fácil, sei disso, mas só acontece se estivermos dispostos a[…]

Continue reading …

Podia ser um fado…

É tão triste este meu fado. Toda esta enorme sina. Que canto num grito abafado. De mulher mas tão menina.

Continue reading …

Livre…

Quero ser livre e sair de mim, poder gritar a plenos pulmões, para desvanecer ilusões, vestir uma segunda pele, mesmo que o corpo protele, não quero viver assim. Quero escancarar as minhas gavetas, livrar-me de[…]

Continue reading …