Como adoro atiçar-te…

Ai como adoro brincar com as tuas loucuras! Desejos e vontades! Levar-te ao ponto em que as nossas almas gritam pela satisfação dos nossos corpos.  Minha lingua irrequieta, teu desconforto de pernas até que a[…]

Ela quer, ela manda!

Texto erótico M/18 Ainda ele não tinha acordado, já ela estava sentada na poltrona de pernas cruzadas que nem caçadora furtiva à espera da melhor oportunidade para cometer o mais doce dos delitos. A sua respiração[…]

Corpos…

Corpos suados, em si entrelaçados, de sorrisos rasgados, como se estivessem com o cio, que lhes quebrou o fastio e os deixou tão saciados, são corpos que se desejam, se conhecem e se beijam, numa[…]

Ama comigo

Vem ter comigo, sai dessa rotina enfadada e parte à minha descoberta. À nossa descoberta, daquele amor bom e saboroso em que nos perdemos. Este nosso amor, tatuado em nossos corações, assinado em comunhão de sentimentos[…]

Sim! Agora!

Mais um dia que acordo sobressaltada no meu próprio suor. Uma noite como tantas outras, pesadelos que persistem em me acompanhar.  Mais vale vestir-me e fazer-me à estrada para mais um dia de cão. Escapa-se-me[…]

Quando a amizade acaba em… Amizade.

Chego ao nosso belo prédio depois duma noite de farra com as minhas amigas e o cenário à porta do vizinho repete-se. Encosto o ouvido à porta dele, como faço tanta vez em segredo e[…]

Estou a precisar de ti meu jovem…

Enquanto olhamos um para o outro, Nesse horizonte, as ondas quebram o silêncio. Apenas os dois, entregues a monotonia do momento. Rotina de uma vida. Apercebo-me que o relógio estagnou em nós, com tantas recordações.[…]

A melhor sangria que bebi

Querida! Já viste a bela tarde de sol de hoje? Apetece-me fazer algo… Sei lá! Olha! Vamos estender a rede na varanda e prostrar-nos a contemplar o mar? Eu e tu, o sol e a[…]

Proibido

Havia um sinal de sentido em frente aos meus olhos. E eu não hesitei. Avancei, sem pensar nas consequências. Se sabia que não devia? Sabia. Mas não queria saber. O desejo fervilhava nas minhas veias,[…]

Guerra dos sentidos

Quente e húmida! Assim se apresenta ela ao mundo. Dona de si, dona das suas vontades e caprichos!  Ela sabe o que quer e quer precisamente agora. Sem demoras ou desculpas.  Sexo para ela, é[…]