Estou a precisar de ti meu jovem…

Enquanto olhamos um para o outro, Nesse horizonte, as ondas quebram o silêncio. Apenas os dois, entregues a monotonia do momento. Rotina de uma vida. Apercebo-me que o relógio estagnou em nós, com tantas recordações.[…]

A melhor sangria que bebi

Querida! Já viste a bela tarde de sol de hoje? Apetece-me fazer algo… Sei lá! Olha! Vamos estender a rede na varanda e prostrar-nos a contemplar o mar? Eu e tu, o sol e a[…]

Proibido

Havia um sinal de sentido em frente aos meus olhos. E eu não hesitei. Avancei, sem pensar nas consequências. Se sabia que não devia? Sabia. Mas não queria saber. O desejo fervilhava nas minhas veias,[…]

Guerra dos sentidos

Quente e húmida! Assim se apresenta ela ao mundo. Dona de si, dona das suas vontades e caprichos!  Ela sabe o que quer e quer precisamente agora. Sem demoras ou desculpas.  Sexo para ela, é[…]

X Edição do Eros Porto – Crónica do Vizinho

E chega ao fim a X Edição do Eros Porto, a maior feira Erótica do Norte país e quem sabe de Portugal. Foram 4 dias de luxuria e sensualidade onde profissionais da arte de sedução[…]

Adoro quando ele chega

Texto Erótico | M18 Adoro quando ele chega. Entra e logo me procura, prendendo-me nos seus braços, colando os seus lábios aos meus. As suas mãos deslizam pelas minhas costas e enquanto uma me ergue[…]

O nosso céu…

O nosso céu é aquele espaço preenchido no centro por uma redonda cama. A música de fundo, os teus gemidos quando em ti entro… As imagens dos corpos nus em posições desejadas…. Nos espelhos que[…]

Perco-me em ti…

Perco-me em ti, e nas palavras não ditas mas tão sentidas. Perco-me no aroma condimentado, adocicado de travo ténue a canela e especiarias que o teu corpo exala e me inebria os sentidos. Perco-me no[…]

Por quanto tempo mais, este desejo de nós?

Mais um dia que nos encontrámos. E mais um dia que saí de ao pé de ti com vontade de ficar e de me agarrar. Mais um dia em que este frenesim entre os nossos[…]

Um orgasmo numa “one night stand”

Abres às portas ao teu pecado e convidas a entrar. Esse teu sorriso subtil, a roçar no desengano, hipnotiza.  Inebriante e sedutor, seria a melhor descrição para o teu convite de libertação dos sentidos.  Provocas[…]