Amar sem sentir

Será possível Amar sem nunca ter sentido, tocado ou mesmo ter olhado nos olhos? Nunca acreditei nisso. Tenho que sentir faísca, conhecer bem… Tenho que confiar e isso só se conquista com o tempo e[…]

Recorrente

Claro que acabei perdida e achada nos braços que já conheço mas que têm sempre um gosto diferente… Existe uma entrega que me faz rasgar os meus limites enquanto me rasgas a pele com trincas[…]

Se eu tivesse Magia …

  Hoje apetecia-me entrar de fininho por debaixo da tua camisola e sentir o teu peito ,a tua pele, o teu respirar ! Queria olhar para cima , porque sou mais pequena … e ver[…]

Abraça-me

Abraça-me. Envolve-me nos teus braços, Nesse abrigo de paz. Aconchega-me no teu peito Junto ao calor do teu coração. Protege-me nas tuas mãos, Amparo das minhas quedas. Carrega-me nos teus ombros Nos dias em que[…]

Como vamos voltar?

M18 | Texto erótico “Parabéns a você, nesta data quer…”, olho-te de relance e vejo-te fazeres-me sinal para ir ter contigo. A minha voz desaparece do coro que canta os parabéns à nossa amiga, e[…]

Depressão

Depressão? Sim… E, depois? Depois, aprende-se a lidar… É simples! Mas não é nada simples, pois não? A nossa mente não para de fazer subidas e descidas. Entra em labirintos escuros e profundos, sem floreados,[…]

Enormes em nós

Texto Erótico [M18] Sou aquela que desvenda o desejo no olhar dos homens, que passam por mim na rua. Dos que estão sentados na mesa do café. Dos que viajam no metro, em hora de[…]

Estás e não estás

Estás e não estás. Estás na minha cama. Mas não dormes comigo. Sinto o teu cheiro nos meus lençóis. O teu calor junto do meu corpo. A tua respiração na minha face. Mas o teu corpo[…]

Perdi-te ou nunca te cheguei a ter…

Já te perdi de vista, saíste do alcance do meu coração e da minha mente. Isso faz-me questionar se alguma vez me pertenceste. Será que chegaste alguma vez a habitar meu corpo e a minha[…]

Listas

Da carne… Que ferve, que espera, que nunca se satisfaz. Queima no toque certo, convida e se duvida, mostra-se, suplica. Dos desejos… Presentes, latentes, intrínsecos à carne e também à alma, dos que se conhecem,[…]