Momento

Abri os olhos devagar. Os primeiros raios de sol da manhã entravam timidamente pela janela. Devo ter-me esquecido de a fechar, depois do que aconteceu na noite anterior. O que se passou ao certo? Desculpa,[…]

Deste amor…

O tempo passa. Passou de tal forma que perdi noção, Não sei se do tempo, Se de ti. Deixei escapar frases Detalhes. Deste amor, Uma grande paixão… Sem querer deitei-te no chão. Parti sem me[…]

A melhor sangria que bebi

Querida! Já viste a bela tarde de sol de hoje? Apetece-me fazer algo… Sei lá! Olha! Vamos estender a rede na varanda e prostrar-nos a contemplar o mar? Eu e tu, o sol e a[…]

Memórias de uma chávena de café

Me pego sentada na varanda do quarto as 6h da manhã com uma xícara de café entre as mãos. O tempo continua cinzento lá fora e alguns pingos de chuva insistem em cair vagarosamente… Sabe[…]

Não sei onde te guardar…

Não sei o que fazer contigo, com as memórias de ti ou com todo esse amor que nos unia. Confunde-me fingir que não me és nada nem ninguém quando foste tudo para mim.  Como te[…]

Que é feito de ti?

Há um abismo imenso, entre os meus sonhos de menino e esta realidade obtusa que marca a compasso o ritmo dos meus dias. Entre a felicidade que eu tinha quando andava de calções a saltitar[…]

Sê nua ao olhos de quem não é cego

Humanidade pobre, tanto tempo à procura da felicidade em futilidades, Quando tens um corpo quente e uma alma carinhosa em casa. Casa? É onde deixaste um sonho, um desabafo, um choro. Onde todos os dias[…]

Dona do meu mundo

Crescer não foi o que imaginei.  O meu caminho não era repleto de pétalas de rosa, nem a minha casa cheirava a tarte quente de maçã acabada de fazer.  O mundo revelava-se cada vez mais[…]

Casas comigo?

Casa comigo. Casa comigo só por hoje. Vamos unir os nossos corações, Caminhar lado a lado, Olhar o mesmo caminho. Vamos deixar a vida que temos Mas mantê-la igual: Os mesmos sorrisos, Os mesmos abraços,[…]

Será que te lembras?

Sabes, hoje cruzei-me contigo pela manhã, entre a bica e o pastel de nata no nosso café costumeiro. O teu cheiro era o de sempre, e embora longe, invadiu-me o corpo inteiro,  como da primeira vez.[…]