Arquivo de etiquetas: amar

Era um beijo teu…

Aquele toque no meu ombro ….
Era um beijo teu … tão bom de sentir… Continuar a lerEra um beijo teu…

Momentos nossos

A suave claridade e o barulho de fundo dos pássaros e carros davam a entender que estava a amanhecer!
Despertei apenas assim … sem me mexer ou abrir os olhos!
Sentia o corpo confortável com o lençol, nem apetecia sair! Continuar a lerMomentos nossos

Nada mais que palavras….

Nada mais que palavras, palavras levadas num sussurro….
Peço-te que me leias no teu mais profundo silêncio, aquele momento intimo e único….
Pedia-te para fechares os olhos e esvoaçares sem rumo, mas não me irias ler….
Por vezes ler-me é uma perda de tempo, por vezes ouvir-me é uma responsabilidade….
Não é tanto o que podes fazer por mim, mas sim o que eu posso fazer por ti….
Poderia tentar fazer-te feliz, colocar um sorriso nos lábios….
Uma alma alegre é uma alma preenchida, um corpo saciado….
Mas longe de estar satisfeito, uma mulher satisfeita é um objectivo complicado….
Não é uma hora, não são seis horas, muito menos doze e até mesmo as vinte e quatro….
Uma mulher satisfeita é uma vida dedicada, um amor inconfundível, não é sexo, é amor….
Por mais linhas que pudesse escrever para saciar esse teu apetite voraz, sei que jamais o poderei saciar,
porque tu tal como eu, precisa dos beijos….
Precisa dos carinhos, dos mimos, de sentir o calor invadir o corpo, mais importante, invadir a alma e isso só se conquistando a alma e o coração….
Palavras, meras palavras que aquecem a alma…. Mas não o coração, não estou aqui….

“Vive o presente, relembrando o passado sonhando com o futuro” ….

Palavras, puras palavras são as que me saem da alma, do coração envelhecido, mas feliz, cansado, mas guerreiro….
Fecha os olhos….
Sorri….
Respira….
Sorri….
©NMaufeitio 2017 #69Letras

Como nunca

Mostra-me o que nunca vi.

Olha-me como nunca me olhaste.

Escreve-me a carta que nunca li.

Beija-me como nunca me beijaste.

Sorri como eu sorrio para ti.

Toca-me como nunca me tocaste.

Sente-me como nunca te senti.

Sonha comigo como nunca sonhaste.

Faz-me viver como nunca vivi.

Ama-me como nunca me amaste.

© Fox 2017 #69Letras

Pára!

Pára.

Olha para mim

E diz que me amas.

Não olhes para trás

Enquanto a chamas.

Pára.

Pega-me na mão

Leva-me numa viagem celestial.

Não pegues na mão dela

Nem a leves numa viagem angelical.

Pára.

Ouve o que te digo

E perceberás.

Não oiças o que ela diz

E feliz serás.

Pára.

Diz a verdade

Diz que comigo a vida é bela.

Não digas mentiras

E que precisas dela.

Pára.

Pensa em mim

E nos bons momentos.

Não penses nela

Nem nos seus sentimentos.

Pára.

Sorri para mim

Ilumina-me o coração.

Não sorrias para ela

Destruindo a paixão.

Pára.

Lê o que escrevo

E tudo mudará.

Não leias o que ela escreve

Pois só mentiras verás.

Pára.

Lembra-te do meu toque

E de como te aconchega.

Não te lembres do seu toque

Nem da sua incerteza.

Pára.

Vem abraçar-me com força

Deixa-me sentir o teu coração.

Não aceites o abraço dela

Pois é só uma ilusão.

Pára.

Dá-me a certeza

Da tua paixão por mim.

Não mates a esperança

Não olhes para ela assim.

© Fox 2017 #69Letras

A tristeza

Ela chega e ataca.

Sem dó nem piedade.

Magoa-nos com tudo o que encontra.

Traz-nos memórias antigas sem pedir permissão.

Ela apodera-se do nosso coração.

Com ela vêm as lágrimas quentes que caiem em silêncio.

Os pensamentos negativos entram na nossa mente.

Faz-nos confundir o ódio com o amor.

Provoca sentimentos que não queremos sentir.

Cala-nos a voz.

As palavras de nada servem.

A tristeza.

Muito mal nos provoca.

Mas o amor permanece.

Por muito que a tristeza nos destrua

O amor mantém-se.

Não se sabe porquê.

Não se sabe como.

Só se sabe que:

O amor é mais forte.

 

© Fox 2017 #69Letras

Mais forte do que Eu!

 

Vai-se lá saber porquê…
Por mais voltas que dê ao pensamento!!
O que sinto é tão mais forte do que eu!!

Há quem diga que ainda sufocamos com esta mania de guardarmos tudo!
Normalmente somos vulneráveis como seres humanos flexíveis, calados, acabamos por estrangular o pensamento de uma forma crua e dolorosa!

Por isso falo, escrevo, sussurro,
com todas as minhas letras,
com todos os meus sentires!
Mas tão depressa o faço como me censuro e me calo,
resguardo-me no meu canto!

Não quero ser como uma imagem em bruto da essência do que sou, para ser exposta como arte de rua,
para ser observada e depois condenada pela triste ignorância dos mais incultos em assuntos de sentires!

E eu sei lá porquê…
Se o que não digo já me ocupa tanto,
vivo com os espaços internos lotados que até os pensamentos se atropelam!!
O tempo que tenho ja é tão curto , tão escasso e cada vez mais raro!!

      E eu sei lá porquê…
                        Porque insisto …
                       Porque não me calo!?

©My Sighs 2017 #69Letras