Momento

Abri os olhos devagar. Os primeiros raios de sol da manhã entravam timidamente pela janela. Devo ter-me esquecido de a fechar, depois do que aconteceu na noite anterior. O que se passou ao certo? Desculpa,[…]

Súplica

Vem… beija-me… lambe estas lágrimas que me escorrem pelo rosto e sacia a minha vontade de um abraço sentido. Demora-te, … por favor, não tenhas pressa, permanece quieta em mim, deixa-te ficar em silêncio no meu[…]

A Primavera

Não deve ser por engano do criador, que num dia fez nascer a Primavera, e no dia seguinte nos ofereceu a Poesia. Não deve ser por engano… Não deve ser fruto do acaso, nem tão[…]

Casas comigo?

Casa comigo. Casa comigo só por hoje. Vamos unir os nossos corações, Caminhar lado a lado, Olhar o mesmo caminho. Vamos deixar a vida que temos Mas mantê-la igual: Os mesmos sorrisos, Os mesmos abraços,[…]

Será que te lembras?

Sabes, hoje cruzei-me contigo pela manhã, entre a bica e o pastel de nata no nosso café costumeiro. O teu cheiro era o de sempre, e embora longe, invadiu-me o corpo inteiro,  como da primeira vez.[…]

Ainda bem que te foste embora

Ainda bem que te foste embora e me deixaste livre. Foram anos, encarcerada na prisão em que me mantinhas. Dias em que o meu rosto era lavado por lágrimas. Noites em que a minha alma[…]

Primeiro amor….

Ouve-me meu bem, deixa o meu coração falar-te, escuta-o, ouve-o com a atenção que o nosso amor merece. Aprecia cada batida, cada entoação sentida, cada gemido abafado, cada sussurro partilhado. Ouve-o meu bem, cerra esses olhos mendigos[…]

A Primavera das nossas vidas

Todos nós temos aquelas fases em que reparamos mais nos passarinhos a chilrear. É inevitável! O sol parece que brilha mais nas nossas vidas, o calor ameno que beija as nossas faces rosadas com um sorriso[…]

Envolta em negrume

Ela acorda já com o anjo negro em mente. Algo que a persegue com pensamentos sujos e contrários à sua existência. Ela tenta ignorar essa força do maligno que a empurra para o abismo mas é[…]

Relato de um romântico em recuperação | Rubrica: Conta-nos a tua história |

Relato real para a página 69 Letras     Ele foi bafejado pela sorte logo à nascença. Filho único duma família bastante abastada. O berço de ouro no entanto não lhe poupou a uns quantos[…]