Sonhos molhados

TEXTO ERÓTICO M|18 󾬥 󾬥 󾬥󾬥 󾬥 󾬥 Quantas de vocês já tiveram sonhos molhados? Não me refiro à função urinária nocturna, mas sim sexual. Nestes anos todos tive seis e cada um diferente do outro, mas as sensações[…]

Entrevista com um submisso | Rúbrica: Conta-nos a tua história

Desde já agradeço a disponibilidade e confiança que me foi depositada, para relatar uma forma de vida paralela à nossa realidade. Desconhecida por alguns, repugnada por outros. Pessoalmente considero uma alternativa a explorar outro género[…]

Ensina-me

Ensina me amar, Já não sei o que é amar Alguém como tu, Demonstras ternura Mas ao mesmo tempo O teu rosto sério, rude diz o contrário Vejo rasgos de desejo no teu olhar Mas[…]

Submisso

TEXTO EROTICO M|18 󾬥 󾬥 󾬥󾬥 󾬥 󾬥 Queres que seja a tua Rainha? Terás de te subjugar aos meus caprichos, Submeter-te aos meus desejos mais insanos. A partir de agora serás meu submisso, meu escravo. Obedecerás às minhas[…]

Tira-me do sério..

Tira me do sério, faz me cometer loucuras. Quero fazer amor contigo, sexo, o que quiseres e onde quiseres. Desejo-te sem hora, quero-te sem hora marcada. Não percebes que preciso de ti. Tenho urgência nos[…]

Não sei o que escrever

Já não sei o que escrever Já não sei o que pensar Sinto uma revolta Uma vontade de gritar Os meus olhos tudo vêem mas nada conseguem assimilar meu cérebro vacila até a minha mão desvanecer[…]

Já não sei quem sou

Vesti tantas peles ao longo desta minha estadia térrea, que já não sei que pele usar. Sinto-me despida, vazia, mas ao mesmo tempo prestes a rebentar. Acumulei tantas emoções, descarreguei tantas decepções que agora…. Já não[…]

Paixão Platonica

Sob o olhar do mar tento escrever o que o meu coração dita. Mas não consigo, nada sai. Sinto o teu olhar penetrante ao longe a examinar cada ponto do meu corpo. Nessa escuridão onde[…]

Desejo-te mais que nunca

Hoje a ti me entrego, após estes meses todos de afastamento. Hoje a ti te dou a minha essência, a minha alma. Hoje vês-me despida de todo o pudor, sobre o silêncio da noite, nua[…]

Acabou…..

Acabou!… Não podemos continuar neste impasse. Fazes de mim gato sapato, usas-me como se de uma peça vestuário se tratasse. Chega!! Amo-te. Mas esta relação de amor/ódio não vai terminar bem. Nos dias em que[…]