Reino em ti como reinas em mim…

O meu reino é a tua Alma e o teu corpo…

Os teus traços felinos são enaltecidos pela luz da Lua, em contraste com a escuridão que te abraça a Alma, numa dualidade de sentidos que por vezes chocam e se torna num vazio imensurável que, tal como um íman, é atraído pelo meu desejo de o preencher.

O calor do teu toque deixa em alvoroço esta pele dúbia que visto, que serve tão somente para poder viver, e que tanto esconde aos olhos de quem não me sabe ler nem se perde na poesia das palavras que a medo deixo escapar, numa mistura de sentires onde quero que me encontres, e te encontres em mim.

É ao Luar, onde as sombras se agigantam, que todos os cheiros, sabores e toques nos pertencem, nos preenchem, e que iluminamos a nossa escuridão onde nos alheamos de tudo em versos cujas rimas só nós entendemos.

E em noites perdidas, duas Almas esquecidas tornam-se uma só, na penumbra das sombras que as amedrontam mas ignoram, tornam-se Reis desse reino de corpos rendidos, cedem aos instintos que afloram pela intensidade dos toques e entregam-se às palavras que se perdem num labirinto de sentires, em que a única saída se encontra em nós como um só.

O meu reino é o teu corpo, mas é na Alma um do outro que prestamos vassalagem em momentos efémeros que se tornam eternos, deveras sentidos que nos deixam preenchidos e o amor passa a reinar em nós.

© Miss Kitty 2017 #69Letras

Deixar uma resposta