Perguntas para a Kat

Oiiiii como vai isso gente depravada? Tudo em cima?!
Vá nem todos são depravados lol.
Pois é as conversas sem mordaças de hoje são um pouco diferentes, andei a recolher perguntas que me fizeram sobre BDSM ou sobre a minha pessoa.
Vou repartir em duas vezes este desafio que vos fiz das perguntas e respostas.
Algumas foram bem lixadas de responder, mas espero que gostem tanto desta troca de ideias como eu gostei de responder.

A Dominação Psicológica é interessante para si?

Claro que sim, a meu ver se não existir dominação psicológica não faria sentido nenhum ser praticante de BDSM.
Algo que todos temos em comum é o prazer que temos em ter poder ou ceder o poder a alguém.
Controlar e ser controlado.
Mas claro que tudo tem de ser feito dentro dos limites de cada um, dominação psicológica pode deixar marcas.
Ambas as partes têm de ter consciência que pode ter um efeito negativo, mas cabe a cada um saber lidar com isso da melhor forma.

Qual a sua prática favorita?

pahhhh são tantas resumir a uma tenho que pensar muito.
Talvez Tease and Denial ou CBT, a pessoa que me fez esta pergunta sabe o que são estas práticas.
Mas para quem não sabe cá fica um resumo:

Tease and Denial– É uma prática que consiste em deixar alguém num estado extremo de excitação sexual por um período longo de tempo, sem que se permita ter a satisfação de ter um orgasmo.
Nesta prática a Dominadora pode recorrer a um pouco de tudo para que a parte submissa mantenha a excitação ao máximo e tenha de se controlar muito para não se vir.
Como costumo dizer é uma “doce tortura”.
Além do Tease and Denial também se faz controlo de orgasmo, ou seja privar a pessoa de se masturbar ou ter relações mesmo estando longe, pode ser com dominação psicológica ou com uso de cintos de castidade como este 
Aqui

 

CBT- As siglas significam
Cock- Pénis, Balls- Testículos, T- Torture
Basicamente torturar bolinhas e paus lololol, de várias maneiras diferentes, pode ser com spanking, elásticos, pontapés, pisar, com electroestimulação, entre outras coisas divertidas.

 

O que distingue um/a dominador/a de um companheiro ou companheira possessiva e violenta?

Essa pergunta por acaso é muito boa.
Claro que existem vários tipos de relacionamentos dentro do BDSM, alguns com afecto e proximidade, outros nem por isso, são completamente o oposto e não há envolvimento afectivo nenhum.
A relação que se tem com um Dominador/a nada tem a ver com uma relação dita baunilha de casal onde uma das partes mostra comportamentos abusivos psicologicamente ou mesmo físicos.
À partida o que difere é a consensualidade, quando um homem ou mulher é praticante de BDSM sabe bem o que quer e o que não quer para si, pode até nem saber todos os seus limites mas a qualquer altura termina a relação que tem com a parte Dominante.
Alguém que tenha um companheiro abusivo vive preso/a numa relação tóxica e claramente não tem prazer com isso.
Enquanto um submisso/a pode sim ter uma relação com um Top que envolva violência e sentimento de posse sobre ele, mas tem prazer nisso, em servir, em pertencer, dar tudo de si.
O sofrimento trás prazer…Para mim é essa a diferença.
Claro que também existem relações 24/7 em que o Top além de ser Dominador/a também é marido ou namorado e pode sim confundir as situações e abusar do seu estatuto e quando por exemplo numa discussão de casal normal usa o seu poder sobre a pessoa no mau sentindo.
Esperemos que o discernimento de cada um prevaleça e que não queiram manter uma relação desse género, envolva BDSM ou não.

O que é uma dominatrix?
Uma Dominatrix é uma Domme profissional ou Tributada também chamadas de ProDomme, alguém que tem conhecimentos de todas as vertentes e práticas de BDSM, conhecimento prático e teórico e que é paga para fazer seja sessões ou espectáculos como por exemplo eventos alusivos a BDSM.
Como disse anteriormente de todas as Dommes serão as mais completas pois conhecem de tudo, claro que também têm práticas que não fazem, por vários motivos.
Já agora um pequeno reparo, quando o título de Dominatrix tem XXX no fim significa que nas sessões pode haver sexo com penetração.
Por acaso já tinha escrito sobre os diversos títulos que existem para Dominadoras, se quiseres
espreitar fica aqui o texto.
Tipos de Dommes
A moça da foto sou eu, só assim naquela lolol…

 

O que pensa sobre a castidade masculina e, enquanto Domme, que sentimentos ou sensações associa a esta prática? E se já tiver sido key holder de algum submisso pode partilhar alguns pormenores da história?

Hummm pois bem já me fizeram esta pergunta umas quantas vezes, apesar de gostar de Tease and Denial a parte de controlo com o uso de um CB ou cinto de castidade nunca me trouxe nenhuma satisfação.
É me um pouco indiferente saber que um submisso está condicionado estando longe de mim.
Sou uma pessoa muito física, não gosto de dominação virtual por exemplo.
Tudo o que seja longe e que não seja feito durante a sessão não me interessa muito.
Posso sim ordenar que um submisso não se masturbe alguns dias ou tenha relações sexuais durante X tempo.
Mas muito esporadicamente o faço.
Já me foi oferecida uma chave sim, mas declinei pois eu sabia que a pessoa em questão dificilmente me iria pertencer, então preferi recusar.

Voltarias a te submeter a alguém? Homem ou mulher?

Epahh e eu na esperança que não tivessem lido o texto em que falava do meu começo nestas andanças.
Essa resposta não é daquelas que está na ponta da língua, a mulheres eu sei que jamais o faria.
Não tenho perfil de submissa e dificilmente uma mulher tem paciência para insolência e mulheres igualmente dominantes lol, tendem a gostar de pessoas submissas mesmo e subserviente coisas que não sou eheheh.
Já um homem acaba por ter sempre aquela coisinha que diz: “Vá eu consigo domar esta fera.”
Não é fácil ter alguém compatível comigo nesse aspecto, naquela altura estava mais disponível a conhecer e passei por uma fase experimentalista, agora sei bem o que quero e principalmente o que não quero.
Tenho sim prazer com dor e nunca escondi isso mas quem sabe, se a pessoa certa aparecer.
A resposta é Nim.

Acha possível haver uma relação D/s num relacionamento “baunilha”??  Quando digo isto não é terem uma vida normal e depois de vez em quando fazem jogos ou sessões estou a falar viverem mesmo nessa condição.


Sim claro que é possível a isso se chama relacionamentos 24/7 pessoas que além de terem relacionamento DS têm também relacionamento  baunilha.
Podem começar primeiramente como DS e apaixonarem-se e depois trazem isso para o mundo baunilha ou começar como baunilha e ir apimentando as coisas até terem um relacionamento DS.
De ambas as formas deve ser divertido.

 

 

Bem 69´nrs espero que se tenham divertido esta é a primeira parte das perguntas feitas aqui á Kat para a semana tenho mais.
Uma lambidela enorme na orelha esquerda, ouvi dizer que são as melhores.
Até quarta, à próxima quarta.

©  #MissesKat #69letras

2 thoughts on “Perguntas para a Kat

    1. olá olá obrigada antes de tudo por nos seguires Helena irei fazer novo texto com perguntas de leitores estás á vontade para participar ,
      se preferires podes enviar para o email da página que depois fazem chegar até mim – blog@sessenta9letras.com ou usar o chat da página e falamos por lá.
      Um beijo Misses Kat #69letras

Deixar uma resposta