O meu pedido.

Texto Erótico [ maiores de 18 ]

Peço-lhe que se toque para mim.

Anui, mas faz-me um pedido estranho.

Pede para que coloque aquele espelho, antigo, no chão.

Satisfaço-lhe a  vontade, pensando no significado.

Olha-me nos olhos e vai tirando a roupa lentamente, até nada mais a cobrir, a não ser ela mesma , em si.

Observo-a colocar-se  de gatas e percorrer o chão, da porta até ao espelho, posicionando-se, de pernas parcialmente abertas, sobre ele.

Sempre naquela posição… Vejo-a observar o seu corpo, através do espelho deitado no chão.

O peito que balouça…

A mão que lhes toca …

Quase que me perco … o meu corpo está em ebulição, com esta cena, que eu próprio provoquei.

Os dedos que correm o seu corpo…

O  afastar mais as pernas , para poder olhar-se, enquanto se toca intimamente.

Os movimentos do seu corpo… tão eróticos, tão sensuais…

Vejo o reflexo da sua humidade escorrer em fio para aquele vidro frio.

Vejo aquele tocar no seu próprio corpo, aumentar de ritmo, quase que a fundir-se nas arestas da madeira ….

Não resisto mais…

Rastejo até ela e tomo-a para mim…

Sim! Com um desejo louco e incondicional…

De repente é o nosso reflexo que se vê!

São os nossos sucos que escorrem e marcam aquele espelho …

 

©The Oyster 2017 #69Letras

Deixar uma resposta