Mãe dá sem receber

Poderia dizer muita coisa para o dia da Mãe, mas esta data, não é por si só o suficiente para expressar o que o dia da Mãe representa.
Esse dia comemora-se logo no início da gestação. No dia em que tiveram aquele ser nos braços, na educação que lhes deram ao longo da sua vida, na forma os criaram e amaram.
Esse são os dias da Mãe, alguém altruísta o suficiente para chorar as vossas lágrimas e limpá-las, para lamber as vossas feridas e ajudá-los a reerguerem-se.
A forma como dá sem receber, isso é ser Mãe.
Mãe refila, castiga, amua, chora às escondidas, suporta a indelicadeza dos filhos, as palavras proferidas que podem provocar danos catastróficos. Mas, mesmo assim, ama incondicionalmente.
Poderão dizer que nem todas as mães são assim. Verdade!, mas também nem todos os filhos sabem respeitar, nem amar quem os pôs ao mundo.
A relação Mãe/Filho é uma faca de dois cumes. Quem é mãe, sabe do que estou a falar, porque além de mãe também é filha.
Existe um proverbio que diz:
“O mal que fizeres aos teus pais, irás prová-lo nos teus filhos.”.
Garanto-vos que é verdade.
Como Mãe digo-vos que é gratificante ver quem geramos, florescer à nossa frente, formar-se à nossa imagem.
Sentires-te orgulhosa do que criaste, mesmo que não o digas com frequência, faz o nosso rosto iluminar-se de alegria.
É um trabalho árduo, sim!, mas adormeces sempre com um sorriso porque sabes que estás a fazer o correcto.
Se adoro ser Mãe?
Sim, como todas as letras.
Que é desgastante?
É!, mas com o passar dos anos, esse desgaste é retribuído com muito amor e carinho.
Desejo-vos um Feliz DIA DA MÃE.
© Lola 2017 #69Letras

Deixar uma resposta