Deixo que doa

 

Digo muito “deixa que doa”

mas nunca disse “deixa que doa em vão”!
Às vezes é necessário pensar em nós também, não é egoísmo, talvez seja auto preservação.
Nem todos os que se aproximam merecem estar próximos, há gente nula ,que nos pesa, que nos são negativas, que sugam as nossas energias. Pessoas a quem demos o nosso melhor sem o merecer. E primeiro que voltemos a querer Amar de novo , quebra muito em nós!
Tem que haver um desprendimento de mágoas ,tem que se querer amar muito de novo,querer bem, respeitar e sentir o outro o suficiente para não aceitar o pouco como migalhas e em vão.
Ou vives por inteiro ou não tens nada.
Para seguir , deixa ir, não carregues o que te faz mal, que tão pouco te acrescenta. Que te cansa e magoa a alma, leva apenas o que te é bom, o que te for inteiro para a mente e coração.
Eu era intocável nos sentires, até perceber que o tempo em que fiquei reclusa no meu próprio mundo gerou medos às coisas comuns da realidade.
Eu era intocável ou insistia em ser, até sentir a vontade de retribuir um abraço, um carinho, um beijo!
Imagino-me imóvel, com aquela expressão de semi-pânico e a cabeça a mil, um monte de palavras e sentimentos cá dentro e a necessidade de sair dali, de desfazer o contato com aquele outro corpo, já com o receio prévio que não sairei ilesa!
Eu era intocável, até perceber que ninguém o é!
Eu deixo que doa, porque em mim há amor,
só não deixo que doa em vão !

©*My Sighs* 2017 #69Letras

Deixar uma resposta