Ser apenas alguém que está ao lado dum farol, ou ser o seu faroleiro!

Sempre  pensei que ao navegar neste mar imenso que é a vida, ao romper as ondas  com algumas dificuldades devido às tantas adversidades da mesma,  encontrar o meu farol, atracar nesse porto seguro, ali permanecer a seu  lado até ao fim da minha vida e ultrapassar as tempestades juntos, seria  o mais importante e o que mais fazia sentido. Ela ser o meu farol, do  meu porto seguro.
Mas hoje… hoje apercebi-me que não é bem assim… que isso apenas não chega…
Muito mais que permanecer nesse porto seguro e ficar ao lado do meu farol mesmo nas piores tempestades, é tornar-me o seu faroleiro…
Cuidar acima de tudo do seu interior ao mais íntimo pormenor.
Restaurar as mais pequenas ranhuras no mais recôndito.
Guiar e orientar as coisas para que no seu dia-a-dia possa estar sempre a luzir e sem sobrecarga…
 
Às vezes o que faz a diferença são os pequenos pormenores como esse:

Ser apenas alguém que está ao lado dum farol, ou ser o seu faroleiro!

Dmysteriousboy

Deixar uma resposta