Senta-te comigo

Às vezes sinto-me naquele banco, sozinho.
Nem todos o vêem, pois não é qualquer luz que o ilumina.

Nem sempre quero falar, só quero que alguém partilhe aquele espaço comigo. Podem ser 5 minutos, 2 horas, 1 dia sem dizer uma palavra.

Aquela companhia que valem horas de conversa, onde parece que o meu silencio fala por si, onde tu sentes o que sinto.
Ficas ali comigo, sem dizer uma palavra. Mas sei que estás ali a partilhar o meu sofrimento.
Esse pequeno gesto parecendo que não, alivia. Ajuda muito nestes momentos. Onde não existe solidão.

– Senta-te comigo. Tenho muito para te contar. – “Digo em silêncio.”

Às vezes é assim mesmo.

100Modos 69 Letras®

Deixar uma resposta