Imagino-te…

Imagino-te… Sonho-te acordada e nas profundezas do meu subconsciente que ainda me surpreende com pensamentos novos de ti…
Prendo-me na incerteza… Será que também tu me imaginas? Nos momentos raros de lazer, nas masturbações antes do sono, nas noites em que te queima a pele e estás longe…


Tão perto e não sei se te posso alcançar… Tão longe e sempre cravado na minha alma, no meu corpo…

Hoje, mais uma vez só te imagino… E na brisa que passa sinto o teu cheiro, toco nos ombros e recordo o teu toque, passo a língua nos lábios e é o teu sabor que me invade as papilas gustativas… E tenho de fechar os olhos para ver o teu olhar, o teu sorriso, a luxúria a transbordar do teu rosto…
E perco-me… Contigo perco-me sempre…
E estou à espera de ti para te perderes comigo… Vem…

©VickyM 2016 #69letras

Deixar uma resposta