Bicho…

Texto Erótico | M18

Esse beijo que consigo identificar em qualquer lugar no mundo…mesmo privada de todos os meus sentidos… Foi esse beijo que acordou todos os pontos sensíveis do meu corpo… O beijo que não esperava, já que andaste o dia todo na correria e a ser… O bicho…

Um dia perguntaste-me porque é que te chamo de bicho… Justifiquei-me sem dar resposta… A verdade é que a tua natureza acorda a minha… Esse beijo que chegou no pescoço num sitio improvável, rapidamente se alastrou… Acompanhados por mãos quase possessivas que buscam o meu prazer no teu, devolvi e entreguei-me aos gestos animalescos… Reconheces a luxuria no meu olhar e sorris… Esse sorriso num misto de escárnio e doçura, que não detém os gestos que me aproximam do orgasmo a um ritmo alucinante.

Ali mesmo, no escuro, esqueço-me de quem sou e basicamente de onde estou quando levas lá os dedos hábeis e começas a viagem… Aconchego o meu corpo contra o teu e sinto essa barba deliciosa a roçar-me o rosto, a respiração a acelerar enquanto sentes o meu prazer nas tuas mãos, o teu cheiro inebriante quando enterro a boca no teu pescoço para tentar conter o grito preso na garganta… Com a voz meio rouca suspiras um “Vem-te!” e o meu corpo obedece… Entre espasmos e um lago observas o teu trabalhinho…

Com timing perfeito somos interrompidos e a postura volta à encenação… mas a cabeça… Ah a cabeça ainda se está a vir, bicho…

©Vicky M 2016 #69letras

Deixar uma resposta