Vamos fazer o mundo parar

Sempre de tempo contado…

Dizem que o tempo é dinheiro. Sim, admito. Entre nós é ouro. Ansiamos durante eternidades, contamos os minutos incansavelmente com o coração prestes a saltar pela boca. De mãos geladas e sem concentração mas de peito aquecido e com a cabeça a mil.

É assim que ficamos quando estamos longe.

O dia aproxima-se e a tensão (tesão também) aumenta e começam as perguntas do “Onde” ou “Para onde”?
De que importa não é? Quero é estar contigo. Seja onde for, seja para onde vamos, quero lá saber. Quero-te aninhada em mim. Sinto a tua falta, a tua presença, o teu olhar, o teu toque, o teu sorriso, o teu jeito por vezes desajeitado, os teus lábios… O teu calor.

Mas isso passará.

Da empolgação ao alívio vivo esta intensidade de emoções. Vamos para qualquer lado, não importa onde. Importa apenas que seja contigo. E quando estiveres ao meu lado, deitados, esqueceremos tudo. Iremos parar e o mundo continuará a girar. Ou… Nós é que faremos o mundo parar com as nossas aventuras até ficarmos tontos, cansados, exaustos, saciados…

O certo é que o nosso mundo parará e nada nos impedirá. Ansioso, não paro de olhar para o relógio à espera que o tempo passe para passar o tempo contigo.

© 100Modos 69 Letras® 12.04.2017

Deixar uma resposta