Um orgasmo numa “one night stand”

Abres às portas ao teu pecado e convidas a entrar.

Esse teu sorriso subtil, a roçar no desengano, hipnotiza. 

Inebriante e sedutor, seria a melhor descrição para o teu convite de libertação dos sentidos. 

Provocas a curiosidade que vai ardendo em lume brando no subconsciente. 

Intensifica a loucura do desejo, tarde demais para se virar costas à tentação e eis que a queda no abismo se pronúncia. 

Com tentáculos de sabedoria, apanhas a presa e enfias os dedos nos seus pontos mais fracos. 

Agarras com unhas e dentes a intimidade dum toque que te confiam nas mãos. 

O poder da entrega e submissão eleva aos céus um ego já de si gigante numa mente sem medos. 

Sem tabus te entregas, de igual modo exiges a entrega total. 

Explosão de adrenalina nos corpos onde a razão já não lá habita.

Seja na rebeldia dumas mãos atadas ou na doce tortura dum Floger, tudo te é permitido desde que sirva as tuas vontades. 

O auge dum orgasmo antecipa a despedida. Como a bonança após a tempestade. 

Os gemidos dão lugar a um silêncio. 

Disseste “Vem” mas nunca avisaste que dirias ” podes ir”… 

Miss Steel 69letras® 

#MissSteel69letras®1.03.2017

Deixar uma resposta