São só palavras

Às vezes tenho a sensação que estavas a pensar em mim quando escreveste, como se as tuas palavras me alcançassem o âmago…

As formas que descreves sentir, que mostras querer, a intensidade dos beijos que quase sinto como meus… Os toques que entram pela pele e queimam a carne sequiosa…

As tuas palavras, os meus sentidos despertos…
A tua filosofia, os meus pés a sentir a terra tremer…

O meu céu escuro e a luz das tuas constelações que se desenham no céu enquanto percorres as folhas com a caneta…

São só palavras, eu sei… Mas não há muito mais que possa dar…
Palavras vãs escritas em papel frágil dizes tu… Palavras sentidas, gravadas num coração que já não tem por onde tatuar, digo-te eu…

©VickyM 2017 #69letras

Deixar uma resposta