Rosa choque lembras-te?

M18|ContoErótico

Liguei-lhe.
Mais uma vez não consegui cumprir o que prometi.
Afastar-me da sua voz selvagem, tanto que desperta em mim…
Com um simples “estou” perdi-me de tal forma que dei por mim a imaginar aqueles seus lábios.
Ela sabia bem como me atender o telefone, a suavidade e tom da sua voz fazia-me tremer.
Sempre com a sua maldade pergunta-me o porque da chamada, sendo eu um tolo com tesão um simples “que estás a fazer”-achei que chegava.
Se houve erro que cometi foi este…
Disse-me tão solenemente: “apanhaste-me a ir para o banho, estou de roupa interior em cima do sofá…”
Mulher é obra do demónio, mas esta deve ser filha herdeira dele!
“Já não dizias nada há muito tempo, tenho saudades”
Pedi aos santos que fizessem a chamada cair mas ouvi a voz dela.
“Estás ai? É que se tiveres preciso de ti…”
Fiquei frio, com uma tesão enorme.
“De mim…para quê?
“Apenas falar…fiquei com vontade só de ouvir o teu respirar… antes de ir para o banho sabe bem. “
“De que cor é essa roupa interior que eu gostaria tanto de tirar ?”

“A que me ofereces-te...rosa choque lembras-te? O tecido é tão macio consigo sentir ao tocar no meu peito, e do meu peito relembras-te do seu sabor ?”

“Mulher…tu…deixas-me…”

“Se demorares muito começo sem ti. Digo-te que já senti o toque dos meus lábios e estão encharcados…”

Desliguei.
Não aguentei.
Prometi que não lhe iria ligar.
Que parvo.

Nunca mais lhe ligo.
Para a próxima vou directo para casa dela.

 

#ImaginaçãoDeUmaRaparigaDespenteada

©Krishna 2017 #69Letras

Deixar uma resposta