Que é feito de ti?

Há um abismo imenso, entre os meus sonhos de menino e esta realidade obtusa que marca a compasso o ritmo dos meus dias.
Entre a felicidade que eu tinha quando andava de calções a saltitar nas águas paradas e a correr livre pelos campos, e este sentimento de vazio inquietante em que se tornou a minha vida.
Há um abismo imenso, entre o teu olhar meigo e delicado de menina, de saias coloridas e de tranças impecavelmente esculpidas, e este semblante carregado, e nada inocente, com que agora me olhas.
O que é feito de ti, menina das tranças pretas?
Onde se escondeu aquele rosto doce, de sorriso aberto, que me fazia percorrer os campos em busca de malmequeres?
Onde estas tu, que me fazias chapinar na lama, e mergulhar no rio gelado no inverno, e percorrer o bosque em busca dos ninhos de cuco?
O que é feito de ti?
O que é feito dos nossos sonhos?
Para onde voaram as nossas juras de amor eterno, cravadas a canivete no velho pinheiro manso junto ao celeiro?
Para onde fugiu o nosso olhar inocente, as nossas certezas, ou os nossos tesouros que escondíamos na nossa velha casa da árvore?
Para onde voaste tu?
Porque teimas em esquecer os nossos planos, as nossas vontades?
… Será que ainda te lembras no nosso primeiro beijo?
Aquele que demos debaixo das acácias, com os lábios parados, imóveis, e com os rostos rosados de vergonha…
Será que não tens escondido na algibeira esse teu olhar doce de menina?
Sabes….
Sinto falta de ti….
Das tuas brincadeiras, das tuas birras constantes, do teu sorriso puro, das tuas gargalhadas desconcertantes,
….dos teus beijos na face quando ganhava no futebol.
Tu, eras tudo para mim, dei-te todos os meus tesouros, dei-te a minha colecção de berlindes, os meus cromos da bola, os meus aviões de papel, ….o meu coração de menino.
O que é feito de ti?…..
©PSassetti #69Letras 21.03.2017

Deixar uma resposta