Noite diferente

TEXTO EROTICO M|18 ? ? ?? ? ?
Depois de um longo dia, banho tomado, vestes uma lingerie, imaginando que ele estava ao meu lado.
Que saudades.
Deitas-te naquele tapete persa, onde tantas noites foste possuída, amada, escravizada de paixão.
Ouves o telefone tocar, o teu coração dispara. Será?
Rebolas no tapete e atendes:
          – Ola amor!!
O teu corpo entra em êxtase, os teus olhos brilham como safiras, o teu sorriso ilumina o quarteirão. O som da sua voz acalma a tua alma atormentada de saudade.
Mas o teu corpo fervilha, aumenta o teu desejo.
Cada sílaba, cada palavra proferida por ele, pareciam ser absorvidas por cada por do teu corpo.
Fechas os olhos e quase que sentes a sua respiração no teu pescoço a percorrer o resto do corpo.
              – Morro de saudades tuas. – Dizes.
              – Já falta pouco, só mais uns dias. – Afirma ele.
Mas tu não querias mais uns dias, querias Agora.
Sentias-te excitada demais e disseste-lho, começaste a provocá-lo. Disseste ao pormenor o que tinhas vestido, onde estavas.
E meio em tom de safada, perguntas o que ele está a fazer. Responde-te:
                – Nu, à tua espera. Quero sentir a tua boca, o teu corpo em mim.
Retribuis a provação.
               – Sinto o calor da tua boca nos meus seios, a língua a deslizar até ao baixo ventre.
Gemes. Do outro lado geme igualmente. Pede para te masturbares, como se fosse ele a fazê-lo.
Pedes-lhe o mesmo. O som da excitação ao telefone aumenta, até que atingem o clímax juntos, em uníssono.
               – És doida, sabias?
Riste.
               – Sou por ti. Já há muito que não fazíamos uma loucura destas. Não demores. Espero-te da mesma forma que hoje….
©Lola 2017 #69Letras

Deixar uma resposta