Envolta em negrume

Ela acorda já com o anjo negro em mente. Algo que a persegue com pensamentos sujos e contrários à sua existência.

Ela tenta ignorar essa força do maligno que a empurra para o abismo mas é mais forte e poderoso que a sua decência em corpo de mulher.

Quente! Errado!

Mas no entanto apetecível e delicioso ao toque.

Ela cede, deixa-se levar pelo demónio com asas de anjo negras e embarca no negrume já tão familiar.

A voz do além invade a ingenuidade dos seus sentidos, ela feita refém da vontade do demo.

E sente-se bem! Sente-se extasiada à beira do declive que a chama para a morte.

Envolta em negrume, seus pensamentos conspurcam-se entre vontades.

Orgasmo negro! Suja!

No entanto sente a alma limpa e livre de toda a culpa.

A bonança depois da tempestade acalma-lhe os sentidos a ferver ao cima da pele.

Extasiada, deixa-se relaxar. Esfria…

Volta do doce pesadelo, a vida exige que ela se levante. Porém mais leve, sorri…

Amanhã, será outro dia…

 ©Miss Steel 69letras 2017

Deixar uma resposta