Tudo o que couber num café

Nossa relação teve a duração duma chávena grande de café.

Antes de nos tocarmos, pairava a mística das possibilidades no ar.

Seria uma relação doce ou amarga… A emancipação duma pinga de leite frio, só para aliviar um pouco a densidade do nosso sabor… 

Depois da espera, finalmente o primeiro gole. 

E se me sabias bem… 

Viciada ao primeiro toque. 

Sentia o despertar de todos os meus sentidos enquanto a tua cafeína me percorria o corpo mais depressa que a adrenalina.

E o teu cheiro… 

Hummm! 

 Meu corpo simplesmente não te resistia. Ganhava vida própria e reactivava cada centímetro do meu ser com um simples propósito, dar-te prazer. 

A nossa relação acabou com o avistar do fundo da caneca de café. 

Deixou-me de ressaca inanimada implorando por mais. 

Na minha chávena de café colorida com leite frio, adocicado com teu amor, relembro os meus dias de alegria com nostalgia … 

Posso tomar outra chávena de café, por favor? 

Miss Steel 69letras®

#MissSteel69letras® 27.02.2017

 

 

 

 

 

Deixar uma resposta