Gosto-te…

Gosto quando me tocas assim, com as palavras doces e intensas que me provocam, que me despem, sem teres a noção do que me fazes.

Quando dizes que me adoras e provocas um arrepio que demora a passar e que é tão bom de sentir na pele.

Gosto de te sentir em mim, entranhado, tatuado, ser do meu ser, como se fosses um pedaço que me faltava e agora encontrou o tão ansiado todo que procurava.

Gosto que sejas o meu Anjo doce que me acolhe nas suas asas e me protege, mas também o meu Demónio que me provoca, excita e me arranca gemidos do fundo do meu ser de tão sentidos e desejados que são.

Dói, mas sabe-me bem sentir a tua falta, sorrio por dentro porque sei que no fundo nunca me faltas, e sentes também.

As palavras podem parecer vãs mas não deixam de ser sentidas e tu sabes.

Gosto-te…

Miss Kitty #69Letras

Conto de encantar…

Boa tarde..
Estimo que te encontres de perfeita saúde…
Assim de espírito como de corpo…
Tenho percebido que tens alguma dificuldade em adormecer.
Pensei te contar uma historia
Daquelas que dão sono.
Começava assim…
“”Era uma vez uma menina crescida que estava na sua casa quentinha a ver uma daquelas series que vemos como quem bebe um copo de agua ao jantar
Já é mais o habito que a sede…
Estava ela com o seu calçanito de dormir e uma camisola de alças.
Por sinal, bem confortável e leve. Daquelas que os bicos tesos parecem segurar o leve tecido…
Quando toca a campainha.
Aborrecida com a inoportunidade do chamamento, lá se levantou a esbelta e aborrecida menina (crescida)
E lá foi dançando a sua anca.
Ao chegar a porta, perguntou…
“Quem é?”
Nada… Apenas o escuro respondeu.
Encostou o ouvido a porta…
E pareceu ouvir uma respiração forte e calma.
Familiar aos seus sentidos…
“Porra!!” Exclamou!!
“A sms no tlm que não li !! ”
Encalorada pela ansiedade , lá foi numa pequena corrida espreitar o tlm…
“Abre !! Sou eu!” dizia na sms
“Merda!!” Sussurrou…
“Espera” escreveu em resposta enquanto ia buscar uma pastilha de morango…
Abriu a porta já a sentir as faces rosadas e quentes
“Deve ser da corrida” Pensou…
“Mmm… Olá, vieste a procura de alguma coisa a esta hora?”
“Sim!! De ti”
Disse a visita enquanto a puxava para si e a beijava sôfrego!!
“Que safoda a serie” pensou ela entre o ajudar a tirar a pequena camisola e a vontade de se esfregar contra o seu membro teso!””
Já estas a dormir?? Bom sono…

Read My Mind

Queres sentir minha dor?

Isto não é mais um texto sobre as nossas mágoas e desilusões…
Este é um momento. O momento em que os cobardes viram costas mas os corajosos arregaçam as mangas!
Chegou o momento de calçarmos os sapatos uns dos outros. Vivermos a vida, sentir a dor e a raiva e ouvirmos o arrastar das correntes dos que se quebram aos nossos pés.
Porque choram? Porque gritam? Do que esperam para se meter também nos meus pés e correrem o melhor que podem descalços? Sim, que julgavam? Que todos têm armas para lutar? Não!!
Muitos nem tão pouco queriam ir à guerra…
Foram um mar de batalhas que vieram ao meu encontro fazendo-me sentir injustiçada neste mundo que eu nunca pedi para pisar.
Só pedia mesmo que neste momento, em que trocamos papéis, se torne claro finalmente a dor que me consome! A energia que me consome. A sua intensidade. Que saia finalmente o AAAHHHHH, para anunciar a sua magnitude.
A minha dor! Aquela que nem todos aguentam mas que por alguma razão macabra do Karma da vida, se torna à minha medida. Não é tua mas minha! Queres senti-la? Provar sua existência ou medi-la?
Atreves-te? Então vamos a isso! Queima teu peito nas minhas inseguranças. Rasga teu coração com todas as minhas desilusões e sonhos perdidos.
E agora? Consegues sentir minha dor?

MissSteel#69letras

Quero esta alma, este conforto, o teu sorriso

Impávido e sereno me mantinha.

Convencido que nada me faria tremer. Levantava-me da cama todos os dias confiante e de postura fria, preparado para enfrentar o que aí viria. Sem receios e medos. Capaz de fazer frente a qualquer coisa. Continuar a lerQuero esta alma, este conforto, o teu sorriso

No dia em que te esquecer, vou começar a viver…

 

Cada vez mais certa de que te quero esquecer…
Cada vez mais certa de que me queres longe, mas por perto…
Longe de ti, mas de que do meu pensamento faças parte…
E pergunto-me…
Porquê??
O porquê de apareceres e desapareceres…
Será amor? Será egoísmo?
Pergunto me vezes sem conta…
Por amor… Para mim é exatamente o oposto de fazer sofrer, de querer longe quem amo.
Egoísmo, poderá ser, talvez…
Porque sempre que estás longe do meu pensamento e com as minhas forças revitalizadas… Lá estás tu…
Toca o telemóvel, com uma sms que te traz de volta ao meu pensamento..
É o teu número, não o tenho gravado, mas sei que é…
E o coração começa a bater forte,os olhos a brilhar e o nervosismo apodera-se de mim…
E tenho medo, acreditas?
Medo de ler o que não quero, medo de ler o que anseio, medo e mais medo…
Desço à terra e ganho forças… E abro a sms…
E és tu, cheio de mistério, todo amigável, meio como a tentar entrar na minha vida para não mais sair…
Palavras e mais palavras e eu respondo e tu perguntas e eu respondo e pergunto..
E em palavras ternurentas e demonstração de amor, paixão e desejo… tu dizes tudo aquilo que sonho ouvir todo o santo dia…
E quebras-me, derretes-me com essa doçura, mas passageira ilusão…
E na luta entre a minha razão e coração, lá vence o coração e abro-te a porta…
E lá vem a queda… Pummm
Acabas por dar-me com essa mesma porta, assim directamente na minha cara e coração…
Sem meias medidas, sem cuidado…
E uma vez mais surge a pergunta… Porquê???
Amor, egoísmo??
Ou será apenas a tua vontade de tornar este puro sentimento, no pior de todos os sentimentos, ódio…
Nem sei sequer se isso é um sentimento. Sei sim, que sempre que te vou esquecendo, tu apareces e voltas a lembrar-me de que um dia fomos tu e eu…
E de que agora sou somente eu, com vontade de esquecer de quando éramos nós…

Vany #69Letras

Ainda hoje, quando vejo um casal assim, eu vejo-nos… E chega a dúvida… Porquê?

Lembras-te daquele nosso parque?

Passávamos tardes inteiras lá..
Lembras-te, de nos revermos naquele ternurento casal?
O senhor já de pouco cabelo, com a sua bengala de apoio. E a senhora, de cabelo grisalho, com as rugas da vida bem definidas na sua cara.
Eles, assim como nós, iam todas tardes para lá, era também o parque deles…
Lembras-te da nossa troca de olhares cúmplices e apaixonados…?
Lembras-te das palavras que disseste?
Pois bem… Lembro me de cada uma delas!
De cada palavra, a sair desses teus lábios, que tanto senti em mim… Desse teu olhar penetrante e radiante por mim…

Lembras-te?

Olhavas aquele lindo e desconhecido casal e descrevias-nos…
E eu… Sorria com os olhos, com os lábios, com o coração…
Acreditava mesmo, um dia iríamos ser nós, ali naquele mesmo parque, avancei no tempo e no pensamento e vi-nos!
Ainda vejo… Mesmo se sozinha, mesmo se impossível…
Ainda hoje, quando vejo um casal assim, eu vejo-nos…
E chega a dúvida… Porquê?
Porque é que não te lembraste de tudo isso…? Naquele hora, naquela mesma hora, em que escolheste matar cada sonho, cada plano, cada sentimento…
Mas na certeza de que um dia, farás essa mesma pergunta a ti próprio…
E aí… aí eu já não quererei saber!

Vany
#69Letras

O verdadeiro é aquele que não é egoísta, não é mau e não é pequeno.

 

Apareceste e desarmaste-me!

Uma vez mais deste notícias…
Da última vez, disse-te pela primeira vez, para não me procurares mais…
Mas hoje fizeste-o! Procuraste-me..
Tal como eu no ano passado, mesmo se pediste o contrário..
Agora foi a tua vez e fizeste questão de me lembrar disso!

Não esperava… Nunca espero nada de ti, mas desejo tudo…
Fico desarmada por ver que precisas de mim, tanto ou mais, como eu de ti..

E tu achaste que este amor se tornou ódio…
Sorrio com lágrimas a correr pela minha cara, porque odiar-te…
Hummm, até suspiro…
Fico com um nó na garganta, só de te imaginar a sofrer… Como se uma dor me invadisse a alma e o coração…
Sofreres, seres infeliz, não estares bem… Só de imaginar, volta a dor! Dói e volta a doer…

És parte de mim! Sabes o quão importante é isso?!
Não tens de estar aqui, não tens de ficar comigo, para mim és mais que parte.. És amor, o amor da minha vida! E só não és o homem da minha vida, porque recusaste a sê-lo…
O amor… Sabes a importância disso? Do amor verdadeiro? Pois bem, descobri-o contigo!
O verdadeiro é aquele que não é egoísta, não é mau e não é pequeno.

Eu quero que sejas feliz, mesmo se o desejasse comigo… Mas se for com outro alguém e se te amar um terço do que te amo, ficarei certa de que serás feliz!
Claro que dói pensar em ti com outra pessoa, ainda para mais com a certeza de que eu sou a “tal” e que é de mim que precisas na tua vida…
E pior… Eu sei que tu sabes disso!
Mas falta-te, talvez, força e coragem para lutares contra o mundo e esqueces-te que eu te daria o universo…
Mas vou dando e darei, aquilo que me permitires dar também… E olha que tenho muito para dar, mas no pouco que me permites, eu dou o que tenho de melhor em mim.. O meu coração!

Por último, faz-me feliz: Sê feliz!

Vany #69Letras