A outra

É hoje que os meus valores morais caem por terra e me entrego ao prazer do seu corpo. Já não sou menina mas ao pé dele sinto-me jovem, sem nada a perder e com tantos sonhos por realizar. Quero tanto ser sua que se eu o tivesse por uma só noite, faria dessa noite o…

Distância de segurança…

Hoje está por demais a dor de não te poder tocar. Não sei se estás auxílio de outrem ou simplesmente queres manter mesmo a tal distância de segurança. Dou por mim a agarrar no telemóvel e voltar a pousar, faço-o tantas vezes que mais uma vez e torno-me a melhor amiga daquela que nos faz…

Tiras-me do sério…

Tiras-me do sério, com essa cara de menino, de sorriso safado, que contraria o destino, e me deixa em desatino, de tanto mistério, que ocultas por querer, até chegar o dia, em que esse tanto resistir não vais poder. Esse teu lado oculto, que teimo descobrir, tornou-se meu culto, meu pecado de sentir, sem perdão…

Sou das que…

Todas nós somos diferentes e é assim que faz sentido neste mundo a preto e branco. Abençoada palete de cores diferentes que nós, mulheres, somos. Aposto que vocês homens concordam comigo. Deliciam as vistas com o nosso brilho natural e enlouquecem com a diversidade de personalidades. Cada uma de nós brilha à sua maneira e…

Se o amor não vale a pena… então o que é que vale? |69Letras da Vizinha|

De olhos pensativos lentamente te dispo enquanto para lá da minha janela nasce o dia e com o ele o sol do teu corpo no meu. É estranho ver-te como te vejo tão perto de perder o controle e de sentir nas mãos o bater do meu coração enlaçado ao nó do abraço que é…

Submerso

Acabaste de sair embora não pareça. O teu odor, melhor o nosso odor ainda preenche o quarto, acabei de sair do duche mas a verdade, é que ainda sinto as tuas unhas nas minhas costas. O sabor do teu sexo no céu da boca, do teu beijo quente ao longo do meu corpo. As tuas…

Aqui me tens…

Aqui me tens, praticamente nua, tal como uma sereia, que veio beijar a areia, a ti me entrego, a este mar que carrego, que a alma me lava, me renova e tempera, me torna tão tua, pois eu não sossego, este amor que carrego, quando a maré está brava. Banha-me o corpo, afoga-me a mente,…