É crime quando se mata um amor perfeito!

Confinar a beleza de um sentimento a um prazo de validade é o mesmo que colocar uma flor dentro de uma cúpula de vidro, podes vê-la a morrer dia para dia a murchar sem espaço para desabrochar.

É crime quando se mata um amor perfeito! Continuar a lerÉ crime quando se mata um amor perfeito!

Simpatia com a Gata Borralheira

Eu não sou aquela mulher que arregaça a saia para que lhe vejam as pernas.
Nunca serei a mulher que se resigna ou que se cala por medo de ser sózinha.
Adoro a solidão e prefiro-a a falsos lugares para ficar. Não sou mulher de uma noite e quando chego é para ficar a vida inteira.

Eu não sou a mulher que nenhum homem idealiza. Eu sou a minha alma,o meu coração e tudo aquilo em que acredito.

Não me escondo por detrás de nenhuma pele que não seja a minha . Não obedeço a modelos de beleza instituídos. Da moda retiro apenas o que veste a minha personalidade e me faz sentir confortável.
Eu sou a mulher que vê para dentro. A que te espreita as entranhas sem pudor e segue todos os teus passos sem sair do lugar.
Nunca serei a mulher perfeita,porque me recuso a sê-lo.

A perfeição é tão ineficaz como um contrato laboral… Nunca serás suficientemente perfeita e no entanto investes incansavelmente nessa valorização, sendo que, nem que sejas um modelo de virtudes, quando chega a tua hora … “vais a andar”.

Eu sou esta mulher-menina que ainda acredita que um dia o Pai Natal vai descer pela chaminé e que sonha visitar o sitio onde o gato perdeu as botas.
Sou esta mulher que vos mostro e não troco os meus ténis pelos maravilhosos sapatinhos de cristal…

A verdade é que o mundo está cheio de Cinderelas, e logo por azar eu simpatizo muito mais com a Gata Borralheira 😂❤

Paula Fialho

#69Letras

Vendida pelos genes

Vendida! Desprezada ou posta de parte. Por quem? 

Por quem me tinha como garantida, chamam-lhe família…  Continuar a lerVendida pelos genes

As posições carnais ganhavam fórmulas divinas

Sentava-se de mansinho sobre o corpo da cadeira. Duas pernas, duas coxas e pedaços de luz cavalgantes entre os olhos nus e a roupa como folhas de Outono sobre o chão feita terra de campo semeado. Havia luz de estrelas a meio tom. Estrelas laminadas entre o beijo, entre a língua, entre a linguagem ofegante… Continuar a lerAs posições carnais ganhavam fórmulas divinas

Do que eu quero ao que tu podes ou deixas vai uma inexequível distância.

Na semana passada quis ter relaxado numa esplanada à beira mar com a luz do sol a incidir diretamente no meu rosto, a vontade era tanta que só de antever já me sentia satisfeita. Continuar a lerDo que eu quero ao que tu podes ou deixas vai uma inexequível distância.

E se tu fosses o café da minha vida?

Beijo a borda da chávena de café e trago o sabor tranquilamente, a língua escapa-se por entre os lábios lambendo-me a boca. Continuar a lerE se tu fosses o café da minha vida?

Satisfeita por fim

Maiores de 18 | M18 | Continuar a lerSatisfeita por fim

Recebe o que dás

Por favor, aguarda...

Subscreve a nossa newsletter

Vê tudo em primeira mão na privacidade do teu email. Novos textos, futuros eventos, workshops e novidades da nossa loja online - sex shop!
error: Conteúdo Protegido
%d bloggers like this: